Topo

Sexo

Simone pediu dicas para provar sexo anal; a gente tem 4

Em sua participação no "Altas Horas", Simone faz pergunta sobre sexo anal para sexóloga - Reprodução/Twitter
Em sua participação no "Altas Horas", Simone faz pergunta sobre sexo anal para sexóloga Imagem: Reprodução/Twitter

Thamires Andrade

Do UOL

05/06/2017 18h19

A cantora Simone, da dupla com Simaria, "quebrou a internet" com uma pergunta a sexóloga Laura Müller durante participação da dupla no programa "Altas Horas". "Tinha o sonho de conhecer essa mulher. Tenho muitas dúvidas", afirmou, aos risos, para depois questionar: "Tem alguma forma que facilite a gente dar a roda?"

Laura explicou que o ideal era que a penetração no sexo anal só acontecesse na hora em que a excitação estivesse no auge.

Veja também: 

Para ajudar Simone e quem mais tiver vontade de iniciar a prática, pedimos algumas dicas para Gatya Sol, coach de sexualidade e relacionamentos do Conexão Tantra, espaço especializado em sexo tântrico:

Géis anestésicos

O gel é uma opção para aliviar um pouco o incômodo da penetração. No entanto, não dá para escolher um produto que retire toda sensação local.

"Pode ser um produto que diminua a sensibilidade a dor, mas que não tire a sensação da região, até para conseguir sentir prazer", fala.

Também é importante para as preliminares checar se o gel tem ação imediata ou se demora alguns minutinhos para começar a agir.

Massagem no ânus

Segundo Sol, massagear a região ajuda a deixar a musculatura mais relaxada antes da hora do "vamos ver". A coach explica que há três opções de massagens.

"Uma só com um dedão em que você vai pressionando bem devagar e em círculos a região anal. Uma outra opção é usar os dois polegares, cada um de um lado do ânus, e ir circundando a região como se fossem ponteiros de um relógio. Por fim, a outra opção é deixar o 'gordinho da mão' [parte perto do pulso] encaixada na direção do ânus e fazer massagens circulares", explica.

A terapeuta recomenda essa movimentação por cerca de dois a três minutos para relaxar a musculatura.

Se quem for receber o sexo anal for homem, Sol indica estimular a região do períneo, que fica entre o ânus e o saco. "Dá para pegar o polegar e fazer um movimento de 'vai e vem' na região para estimular a próstata", afirma a coach, que também recomenda essa estimulação por cerca de dois a três minutos.

Posições que facilitam

Algumas posições são mais anatômicas para o sexo anal, dentre elas a de quatro ou na posição "frango assado", que é quando a mulher fica deitada com as pernas abertas e o homem em pé na beirada da cama.

"Essas posições 'alongam' o reto e, por conta disso, deixam a região mais relaxada, o que faz com o sexo fique mais confortável", fala.

A coach acredita que a menos indicada, ainda mais para quem está começando, é a cavalgada. "A mulher pode perder um pouco o controle das pernas e ficar desconfortável", diz.

Respeite seus limites

Sol também deixa claro que é preciso estar com vontade de fazer a prática e não topar o sexo anal só para agradar o outro. "Desse jeito não tem massagem, gel, nem posição que ajude a relaxar. A pessoa tem que estar a fim de tentar e quebrar seus tabus", diz.

Caso você realmente esteja afim e não dê certo da primeira vez, a coach recomenda não desistir. "Quanto mais à vontade estiver, mais prazer vai sentir. Tudo é uma questão de se sentir bem e confiante para o sexo anal ser prazeroso para os dois", fala.

Sexo