PUBLICIDADE

Topo

Direitos da mulher

Milhares de mexicanas lotam ruas de verde e violeta por igualdade de gênero

Mulheres mexicanas ocupam as ruas da capital no Dia Internacional da Mulher - AFP
Mulheres mexicanas ocupam as ruas da capital no Dia Internacional da Mulher Imagem: AFP

Da EFE, na Cidade do México

09/03/2019 08h41

Milhares de pessoas, principalmente mulheres, encheram nesta sexta-feira as ruas do centro da Cidade do México das cores verde, simbolizando o aborto livre, e violeta, que representa o feminismo, em defesa da igualdade de gênero no Dia Internacional da Mulher.

Em um ambiente de tensão devido às declarações de duas candidatas à Suprema Corte contra o aborto e lembrando o número de 10 mulheres assassinadas a cada dia no país, as participantes protestaram percorrendo o emblemático Paseo de la Reforma até chegar à praça Zócalo, onde se encontra o Palácio Nacional, sede do governo federal.

Palavras de ordem como "Queremos todas vivas" e "É preciso abortar o sistema patriarcal" estiveram entre as mais cantadas durante a marcha, que transcorreu sob o arroxeado das flores dos jacarandás, que florescem nesta época do ano.

Os contingentes, liderados por grupos feministas e organizações estudantis, incluíam tanto mulheres como alguns homens que se uniram para lutar pela igualdade e a erradicação da violência machista em um país em que os números de homicídios contra mulheres são dos mais elevados do mundo.

"O México é o país número um da América Latina em taxa de homicídios; apenas em 2018 foram assassinadas mais de 3.500 mulheres e os níveis de impunidade alcançaram até 80%", disse à Agência Efe a diretora-executiva da Anistia Internacional México, Tania Reneaum.

Direitos da mulher