PUBLICIDADE
Topo

Técnica de estimulação elétrica do cérebro devolve tato a macacos

Do UOL, em São Paulo

14/10/2013 16h00

Grupo da Universidade de Chicago, nos Estados Unidos, divulgou a invenção de uma técnica capaz de devolver o tato a usuários de próteses na edição da revista PNAS desta segunda-feira (14).  

VEJA MAIS

  • PNAS

    Visão ativa neurônios que 'moldam' consciência do corpo, mostra brasileiro

  • Katie Zhuang/Nature

    Experimento de Nicolelis faz macaco sentir objeto só com a força do pensamento

Considerada revolucionária, a técnica é realizada por meio do envio de estímulos elétricos ao cérebro. Testada em macacos Rhesus (Macaca Mulatta), a técnica consiste em transmitir informações essenciais à manipulação de objetos diretamente ao córtex somatossensorial primário, em que sensações relacionadas ao toque são processadas.

Os sinais transmitiam dados informando quanta pressão um objeto exerce na mão, qual parte do membro ele toca e quando exatamente se dá o primeiro contato entre a mão e o objeto.

O teste incluiu o treinamento prévio dos macacos para que eles pudessem perceber quando um objeto lhes tocava as mãos.

Posteriormente, os pesquisadores deixavam de oferecer o objeto, executando apenas o envio de estímulos elétricos ao córtex dos primatas, que continuavam a mexer as mãos como se de fato um objeto tocasse seus membros.

MAIS DESTAQUES DA PNAS

  • Zanna Clay

    Primo do homem, macaco criado pela mãe tem mais controle emocional

  • Dale Greenwalt/Smithsonian Institution/AP

    Fóssil de mosquito cheio de sangue é achado nos EUA

Os autores do estudo, então, compararam a habilidade dos macacos em perceber a pressão que o objeto exercia em suas mãos à habilidade deles em perceber o mesmo objeto quando equipados com um dedo protético capaz de enviar os sinais a seus cérebros.

Os macacos desempenharam a tarefa da mesma forma nas duas situações, comprovando a eficácia do sistema elaborado pelos pesquisadores.

O sucesso do procedimento, dizem os autores do estudo, sugere que a técnica desponta como uma promessa de devolução do tato a pacientes que tenham perdido essa capacidade por motivos diversos. 

Tilt