PUBLICIDADE
Topo

Observatório mostra nuvem de poeira na Nebulosa do Cachimbo

Do UOL

Em São Paulo

15/08/2012 12h05

O ESO (Observatório Europeu Austral) divulgou nesta quarta-feira (15) uma fotografia da Barnard 59, que fica na extremidade de uma densa e enorme nuvem de poeira interestelar chamada Nebulosa do Cachimbo. Ela está a 600-700 anos-luz de distância da Terra e aparece sob um fundo de nuvens estelares próximas do centro da Via Láctea na constelação de Ofiúco (ou Serpentário).

A nebulosa escura é composta por uma nuvem de poeira tão grossa que bloqueia a radiação que vem das estrelas e faz um pedaço da galáxia ficar aparentemente sem luminosidade.

Na imagem do ESO, é possível ver que as nuvens escuras interligadas formam longos braços da nebulosa. Os traços brilhantes e multicoloridos que passam por cima dela são asteroides iluminados por novas estrelas. Eles ficam visíveis, pois estão entre as órbitas de Marte e Júpiter, cerca de dez milhões de vezes mais próxima que a Barnard 59.