PUBLICIDADE
Topo

Com apoio da Boeing, avião para passageiros elétrico pode chegar ao mercado em 2022

05/10/2017 19h35

NOVA YORK (Reuters) - Uma startup da região de Seattle, com apoio das unidades da Boeing e JetBlue Airways, anunciou planos nesta quinta-feira para colocar uma pequena aeronave elétrica híbrida no mercado até 2022.

O modelo é o primeiro de vários aviões planejados pela Zunum Aero, que disse que poderá acomodar até 12 passageiros e ser acionada por dois motores elétricos, reduzindo drasticamente o tempo e o custo de viagens abaixo de 1.600 quilômetros.

Os planos e o cronograma de Zunum ressaltam a pressa de desenvolver pequenas aeronaves elétricas com base em tecnologia de bateria em rápida evolução e sistemas de inteligência artificial que evitem obstáculos em uma estrada ou no céu.

Em um projeto separado, mas com relacionado a esse, a Boeing disse nesta quinta-feira que planeja adquirir uma empresa especializada em voos com aeronaves elétricas e autônomas para ajudar seus próprios esforços no desenvolvimento de tais aeronaves.

Várias empresas, incluindo Uber Technologies [UBER.UL] e empresa aérea europeia Airbus, estão trabalhando em carros autônomos movidos por energia elétrica.

(Por Alwyn Scott)