PUBLICIDADE
Topo

Estatal italiana CDP pode considerar investimento na Telecom Italia, diz presidente do conselho

03/10/2017 17h58

ROMA (Reuters) - A estatal italiana Cassa Depositi e Prestiti (CDP) avaliaria investir na Telecom Itália se o governo a pedisse para exercer os chamados poderes de ouro, disse nesta terça-feira o presidente do conselho de administração da empresa.

O governo da Itália está atualmente investigando se a maior acionista da Telecom Italia, a francesa Vivendi, violou a obrigação de notificá-lo do controle efetivo do ex-monopólio estatal de telefonia, que é considerado um ativo estratégico.

Se a investigação mostra que a empresa francesa tem o controle real da italiana, Roma pode concluir que tem o direito de exercer poderes especiais, que variam desde uma multa até possivelmente exigência de venda de ativos-chave.

O presidente da CDP, Claudio Costamagna, disse à La7 TV que o investimento existente de 50 por cento da estatal no grupo de banda larga Open Fibra continua sendo uma prioridade.

"Mas, se o governo pedisse que entrássemos na Telecom ao exercer o poder de ouro, estudaríamos para ver se era vantajoso ou não", disse ele.

(Por Stefano Bernabei)