Waze vai dedurar para motoristas as vias com histórico de acidentes

O Waze vai começar a partir desta terça-feira (7) a avisar quando motoristas estiverem prestes a passar por vias que costumam ser palco de acidentes.

De acordo com a empresa, a ideia é ajudar os condutores a tomar decisões inteligentes na estrada, desde fugir de engarrafamentos provocados por batidas até evitar que eles mesmos protagonizem alguma colisão.

A partir de agora, todas as vezes em que estiver próximo de entrar em uma via em que esse tipo de ocorrência é comum, o motorista receberá um alerta no celular dizendo: "histórico de acidentes".

O Waze funciona como uma espécie de "rede social do trânsito". Ela é abastecida pelas informações dos próprios motoristas que utilizam o serviço, os chamados "relatórios da comunidade".

Atualmente, o Waze já informa seus usuários quando há acidentes recentes na pista. Também faz isso em situações que podem gerar problemas à frente, como nevoeiros, buracos no asfalto, carros parados no acostamento.

O que ocorrerá agora será diferente. Em vez de casos pontuais, o aplicativo avisará sobre o histórico dessas situações.

Para fazer isso, a inteligência artificial por trás do serviço vai digerir e processar a quantidade de "relatórios da comunidade" referentes aos acidentes. Também levará em consideração outros detalhes, como as características da estrada, os níveis de tráfego na via e sua elevação. A partir daí, vai gerar os alertas.

Para evitar as distrações ao volante, o Waze afirma que o número de alertas de histórico de acidentes exibidos será limitado.

Caso seja uma rota pela qual o motorista passa regularmente, não emitirá o alerta.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes