PUBLICIDADE
Topo

Inteligência artificial por voz: conheça os modelos e saiba como escolher

Inteligência artificial por voz - Getty Images
Inteligência artificial por voz Imagem: Getty Images

Lucas Santana

Colaboração para Tilt

08/06/2021 14h21

Os smart speakers, alto-falantes com comando de voz, têm ganhado o coração dos brasileiros e um espaço dentro de suas casas. O uso desses eletrônicos com inteligência artificial aumentou 47% no país durante a pandemia, segundo uma pesquisa feita pela consultoria Ilumeo, especializada em ciência de dados.

Entre os entrevistados, um grupo de 2 mil pessoas que fazem compras online com frequência, 54% vê mais valor em produtos e serviços que possuem algum tipo de interação por voz. E nesse mercado, os modelos da Amazon e do Google dominam a preferência dos consumidores.

O que eles fazem?

Os alto-falantes das gigantes Amazon e Google estão nas prateleiras fora do Brasil desde 2014, com uma infinidade de modelos. Por aqui, eles só chegaram em 2019.

  • Amazon: dispositivos com a Alexa
  • Google: dispositivos com o Google Assistente

Os smart speakers se conectam à rede wi-fi doméstica e podem controlar uma aplicativos, serviços e outros eletrônicos. Exemplos de uso:

  • Reproduz músicas e podcasts
  • Permite buscas na web
  • Envio de comandos para geladeiras, lâmpadas, TVs, sistema de ar condicionado

Para todos os bolsos e gostos

Entre os modelos mais simples, o Echo Dot (Amazon) e o Nest Mini (Google) são os grandes destaques. Por serem mais em conta, eles devem agradar quem quer uma experiência de casa inteligente sem gastar muito.

A Amazon também trabalha com modelos bem mais parrudos, como o Echo Studio, com áudio potente e imersivo, e o Echo Show, que também acompanha uma tela sensível ao toque de alta definição. Nela, é possível acompanhar séries e filmes.

Quer conhecer melhor os modelos? Confira a lista que preparamos:

Echo Dot (3ª geração) - Divulgação - Divulgação
Echo Dot (3ª Geração)
Imagem: Divulgação

Echo Dot (3ª Geração)

Preço: R$ 331,55*

O Echo Dot de terceira geração é o smart speaker básico mais popular da Amazon. Controlado por voz por meio do serviço Alexa, serve para ouvir músicas, notícias, buscar informações na web, além de permitir ligações quando integrado ao smartphone. Ele ainda pode controlar dispositivos compatíveis de automatização doméstica.

Echo Dot (4ª geração) - Divulgação - Divulgação
Novo Echo Dot (4ª Geração)
Imagem: Divulgação

Echo Dot (4ª Geração)

Preço: R$ 379,05*

O modelo mais recente do Echo Dot faz tudo que seu antecessor faz, mas adquiriu melhorias técnicas e visuais relevantes. Tem um design inovador, esférico, áudio com direcionamento frontal (1 speaker de 1,6") com tons mais graves e uma melhoria considerável do sistema de som como um todo.

Novo Echo Dot (4ª geração) - Divulgação - Divulgação
Echo Dot (4ª geração)
Imagem: Divulgação

Novo Echo Dot (4ª geração)

Preço: R$ 474,05*

Esse modelo do Echo Dot de quarta geração vem com um plus: uma versão com display de LED que exibe informações. Além de ser um alto-falante, o aparelho funciona como um rádio-relógio futurista, em que dá para ver a hora, alarmes e timers no display de LED. Com um toque na parte superior, o consumidor pode colocar acionar o alarme em modo soneca.

Nest Mini - Gabriel Francisco Ribeiro/UOL - Gabriel Francisco Ribeiro/UOL
Nest Mini, o novo alto-falante inteligente apresentado pelo Google
Imagem: Gabriel Francisco Ribeiro/UOL

Google Nest Mini

Preço: R$ 372,40*

O aparelho de inteligência artificial por voz do Google é simples, mas poderoso. Comande por voz suas playlists, receba notificações do Google em áudio, ouça notícias e podcasts, faça ligações, tudo por conta do Google Assistente, o mesmo disponível nos celulares Android. Vem também com um Chromecast integrado, que permite tornar sua TV comum em um aparelho smart.

Echo Show 8 - Divulgação - Divulgação
Amazon Echo Show 8
Imagem: Divulgação

Echo Show 8

Preço: R$ 854,05*

O dispositivo vem com tela HD de 8 polegadas (20,32 cm), o que permite, além dos tradicionais comandos por voz, assistir a filmes, séries e notícias. É possível ainda a exibição de fotos, integração com redes sociais como Facebook, Twitter e Instagram. Dá para personalizar a tela inicial com as informações que o consumidor quer e criar rotinas matinais para começar o seu dia bem. Para completar, tem câmera para vídeo chamadas.

Echo Studio - Divulgação - Divulgação
Echo Studio
Imagem: Divulgação

Echo Studio

Preço: R$ 1.614,05*

É uma versão "bombada" do Echo tradicional, com som imersivo, 5 alto-falantes com graves potentes, mid-range dinâmico e agudos nítidos. Vem com tecnologia Dolby Atmos, que cria uma sensação de imersão. O aparelho é adaptativo, identifica automaticamente a acústica do espaço e faz o ajuste inteligente para uma melhor experiência sonora.

Echo Show 10 - Divulgação - Divulgação
O novo Echo Show 10, cuja tela gira em torno da base para acompanhar usuário
Imagem: Divulgação

Echo Show 10

Preço: R$ 1.804,05*

O Echo Show 10 é o modelo mais avançado da linha da Amazon disponível no país. Tem uma avantajada tela de 10 polegadas (25,4 cm), câmera para vídeo chamadas, central para automatização doméstica, alto-falantes com 5 canais de áudio. Sua base rotativa robótica permite gravação em 360 graus, função bastante utilizada para vídeo chamadas inteligentes, em que a câmera "acompanha" o(a) dono(a) pela casa. No app do smartphone é possível acessar o aparelho remotamente e acompanhar tudo o que acontece em casa.

Está chegando o Prime Day, evento especial da Amazon que acontece nos dias 21 e 22 de junho, com milhares de produtos com descontos incríveis. Para ter acesso às promoções do evento você só precisa assinar o Amazon Prime. O primeiro mês tem teste grátis e depois custa apenas R$ 9,90. Você tem entrega gratuita e rápida para diversas compras em qualquer lugar do Brasil e acesso a milhares de livros, músicas, séries e filmes.

* Os preços e a lista foram checados no dia 04/06/2021 para atualizar esta matéria. Pode ser que eles variem com o tempo.

O UOL pode receber uma parcela das vendas pelos links recomendados neste conteúdo. Preços e ofertas da loja não influenciam os critérios de escolha editorial