PUBLICIDADE
Topo

App


Depois do Instagram, Facebook prepara integração entre Messenger e WhatsApp

Arte UOL
Imagem: Arte UOL

Felipe Oliveira

Colaboração para Tilt

19/04/2021 15h46

O WhatsApp pode estar próximo de ser integrado ao aplicativo Messenger, do Facebook, de forma semelhante ao que ocorreu com o Instagram na semana passada. A revelação foi feita pelo desenvolvedor Alessandro Paluzzi, que publicou em seu Twitter uma foto mostrando como seria a ligação entre os dois produtos, que pertencem ao Facebook.

De acordo com o site Wabetainfo, o próprio Paluzzi encontrou referências a bate-papos do WhatsApp no código do aplicativo Facebook Messenger para celulares com sistema operacional Android. O desenvolvedor diz que forçou o Messenger a reconhecer as mensagens do WhatsApp em um teste caseiro, mas que o recurso ainda não está habilitado para pessoas comuns.

Paluzzi então publicou a imagem do teste para mostrar como seria a interface de uma conversa do WhatsApp vista por meio do Messenger, quando o recurso for finalmente lançado. Mas ele ressaltou que não enviou uma mensagem entre os dois serviços.

O site Wabetainfo diz que a conexão entre WhatsApp e o Messenger ainda não é possível, mas o trabalho de integração já está em andamento. A publicação também afirma que o recurso será totalmente opcional, assim como ocorre para quem quer desabilitar a conexão entre Instagram e Facebook.

Mesmo quem não aceitar a união de conta do WhatsApp com o Facebook poderá usar o serviço do aplicativo de mensagens sem qualquer limitação. Além disso, recursos como curtidas a mensagens, já disponíveis no Messenger, devem ficar habilitados para o WhatsApp.

Esta não é a primeira vez que o desenvolvedor consegue pistas de que uma integração entre WhatsApp e Facebook Messenger pode ocorrer. Em julho do ano passado, o próprio Wabetainfo já havia revelado a descoberta de códigos que apontavam para essa possibilidade.

O presidente executivo do Facebook e fundador da empresa, Mark Zuckerberg, disse em 2019 que planejava mesclar Facebook, Instagram e WhatsApp em um serviço único. O primeiro passo dessa integração chegou aos brasileiros nesta semana com a união entre Messenger e Instagram.

De acordo com o site Wabetainfo, ainda não há uma data específica para que o recurso esteja disponível. Tilt entrou em contato com o WhatsApp, que afirmou que as informações do site "não são oficiais" e que "o WhatsApp não comenta boatos".