PUBLICIDADE
Topo

Tour pelo planeta vermelho: aprenda a explorar Marte usando o Google Mars

Reprodução
Imagem: Reprodução

Marcella Duarte

Colaboração para Tilt

03/03/2021 04h00

Um Google Earth só que de Marte. Parece ficção científica, mas você já pode conhecer mais detalhes do planeta vermelho, direto do seu celular ou computador. A plataforma Google Mars reúne fotos, dados geográficos e informações da exploração do nosso vizinho.

Dá para olhar as planícies, cânions, crateras, montanhas e dunas da superfície, além de ver onde cada uma das naves que esteve no planeta pousou e histórias das missões. É possível escolher entre a visão "normal", em infravermelho ou com cores sinalizando a altitude.

As imagens foram capturadas por sondas e satélites da Nasa nos últimos anos. Mas, é claro, não há a mesma riqueza de detalhes e funções que a versão terrestre.

O processamento das informações é uma parceria entre Google e Universidade Arizona State (EUA). Agora, com a missão Mars 2020, da Nasa, que na semana passada pousou o robô-jipinho Perseverance na superfície do planeta, a plataforma deve ganhar mais imagens e dados.

Como acessar?

O Google Mars pode ser acessado de duas maneiras: pelo navegador; ou pelo app do Google Earth para smartphone ou computador, selecionando a função Marte.

O menu "Elevation" é bem interessante, com a imagem colorida para representar as altitudes (preto é o mais baixo e branco o mais alto), então dá para entender o que são crateras e o que são montanhas.

Já o "Visible" é a visão mais realista possível da superfície do planeta - apesar de em preto e branco. E o "Infrared" registra variações de temperatura e garante uma imagem sem interferências de nuvens ou partículas da atmosfera.

Alguns pins na imagem indicam pontos de interesse, como regiões e naves - dependendo da opção em que estiver navegando. O pouso do Perseverance na cratera Jezero, inclusive, já está representado lá. Com 40km de diâmetro e 500m de profundidade, é um antigo lago marciano de mais de três bilhões de anos. Se já existiu vida no planeta, mesmo que apenas atividade microbiana, este é o local com mais chances de guardar evidências.

Google Mars já tem o local onde o Perseverance pousou  - Reprodução - Reprodução
Google Mars já tem o local onde o Perseverance pousou
Imagem: Reprodução

O Google Maps também possui uma versão "Space", onde é possível navegar de forma simplificada pela superfície dos planetas do Sistema Solar e algumas de suas luas. Na seção de Marte, dá para conhecer seus principais pontos.

A plataforma foi lançada sem grande publicidade em 2009, inicialmente apenas com imagens da Mars Reconnaissance Orbiter, que orbita o planeta desde 2006. Em 2012, o Google Mars foi remodelado, ganhando renderizações 3D, imagens de mais alta resolução e novas funções, como tours virtuais em alguns locais.