PUBLICIDADE
Topo

Saudade de xaveco, minha filha? Veja como buscar crushes no Instagram

Freepik
Imagem: Freepik

Felipe Germano

Colaboração para Tilt

04/07/2020 04h00

Sem tempo, irmão

  • Em breve a maioria dos casais do planeta terão se conhecido online
  • Além do Tinder e apps de relacionamento, o Instagram também é fonte de paquera
  • Entender a dinâmica do stories, comentários e ferramentas ajuda no relacionamento

Se você é uma daquelas pessoas que não acredita em amor ao primeiro match, tenho uma má notícia para você: uma pesquisa feita pelo site de relacionamentos eHarmony apontou que daqui a dez anos mais da metade dos casais terão começado online. Em 2040, a porcentagem sobe para 70%.

Calma, também não precisa se desesperar e usar um monte de apps libidinosos. Até porque talvez sua metade da laranja já tenha até desistido deles. Um outro estudo (dessa vez feito pela empresa examinadora de dados Ogury) apontou que um terço das pessoas que baixam o Tinder apagam o app no mesmo dia.

Ué, uma contradição? Sim, mas a compreensão disso pode estar em um detalhe: você não precisa ficar refém de apps focados em relacionamentos —porque, na verdade, qualquer rede social é de relacionamento.

O Instagram é a prova disso. Entre uma foto e outra, o xaveco rola solto. E, mandando a DM certa, talvez você tenha mais sucesso do que passando um dia todo ao léu, deslizando para a direita. As dicas abaixo podem ajudar.

FAÇA: interaja no Stories

Começar um xaveco pode ser uma das partes mais difíceis de toda a abordagem romântica e/ou sexual. Ao vivo, riscos são claros: você vai atrapalhar a pessoa? Vai ficar um climão? E, se estiver tudo bem, que assunto eu vou puxar? O Stories é praticamente o antídoto para todos estes venenos.

Como na ferramenta vários conteúdos são postados (e renovados) diariamente, fica mais fácil achar um jeito de começar esse papo. Aproveite o conteúdo do crush para entender quais são os interesses em comum e use como gancho.

Isso quer dizer que dá para ir além das postagens em que a pessoa está querendo ganhar elogios. Você vai falar o quê? Que ele(a) é bonito(a)? Provavelmente ele(a) já sabe. Se está num clima mais romântico e o crush postou uma música melosa, dê um reply e comece a falar sobre o som. Almoçou em um restaurante que você gosta? Comente sobre o rango.

NÃO FAÇA: forçar intimidades que não existem

É importante lembrar, no entanto, que o Stories funciona como encontrar alguém na rua: se vocês já se conhecem, é natural baterem um papo —mas se alguém estranho começa a falar contigo, do nada, rolará um desconforto. Então antes de correr para DM, siga a pessoa, deixe ela te seguir de volta. Não tenha um comportamento predatório, pois ninguém gosta disso.

FAÇA: use emojis para dar ritmo

O emoji de foguinho é praticamente um hieróglifo do tesão. Se vocês já têm intimidade e deixaram claro o interesse de um pelo outro, mandar o símbolo pode ser lido como um "Vamos aí?!". Há outros emojis de teor sexual, como a berinjela, o pêssego, ou a pessoa babando. Serve para deixar claro, em tom de piada, como você está se sentindo.

Já que elas são carregadas de teor sexual, é importante que os dois estejam 200% alinhados nesse momento. Se estiver em dúvida, não mande. Vai passar de um flerte para uma pessoa que não tem noção alguma dos limites.

É legal notar também que o truque já é usado há algum tempo. Está com os dias contados. Se quiser aproveitar o resquício, agora é a hora: já começou a ser mal visto por alguns e logo logo se tornará sinônimo de cafonice digital.

NÃO FAÇA: usar reações à toa

Um emoji vale mais do que mil palavras, mas, pelo amor, palavras também são bem vindas. Se você não criar uma conversa, a pessoa do outro lado da tela também não é obrigada.

Pergunte, bata um papo. Se você só mandar emojis de coraçãozinho, o que o crush pode responder? Mandar outro? Curtir sua mensagem? E fim. Mande um textinho. Qualquer um. "Eita!", "Vamos sair!" e afins já são exemplos. Reações são reservadas para quem já tem algum tipo de relação.

FAÇA: aproveite os comentários

Já engatou o papo, está sentindo o clima e não quer deixar a conversa morrer? Pode ser uma boa marcar o @ (literalmente) em postagens que fazem sentido para vocês. Além de posts de bandas, filmes, restaurantes, ou seja lá o que vocês curtem, há perfis coringas, como o @meltedvideos, que podem render umas risadas —e dar um gás pro papo de vocês.

Se a coisa foi mais íntima, vale também encaminhar postagens para a DM. É só apertar no aviãozinho de papel que fica abaixo de cada postagem.

NÃO FAÇA: dar likes seguidos ou curtir fotos muito antigas

Houve um tempo em que chamar a atenção de alguém no "Insta" era fácil: bastava curtir dez fotos em sequência, não importando há quanto tempo foram postadas, chamando a atenção e começando uma interação.

Bom, esse truque envelheceu mal pra caramba. Hoje ele é lido como um símbolo do desespero, de quem não sabe se apresentar, puxar uma conversa ou fazer bem qualquer uma das dicas que damos aqui. Se não quer se queimar logo de primeira, maneire nas curtidas, principalmente de posts antigos.

FAÇA: apareça

Não só procure pessoas e envie mensagens. Também dê espaço para as pessoas te verem e xavecarem. Descubra quais são os ângulos que mais te favorecem e poste eles no feed. Coloque suas músicas favoritas no Stories, e mostre um pouco da sua rotina, para que arrobas por aí possam puxar assunto com você.

Seu perfil é como um estabelecimento próprio: ninguém vai querer chegar perto se estiver abandonado.

NÃO FAÇA: insistir

Ninguém gosta de uma pessoa chata, seja online ou no modo avião. Saber desistir é crucial nessa hora. Você seguiu a pessoa e ela não te seguiu de volta? Mandou uma DM e ela não respondeu? Deu like em algumas fotos e percebeu que nunca foi recíproco? Putz, então não rolou. Forçar uma barra não vai te tirar do zero a zero, e ainda lhe dará uma fama péssima de quem não sabe a hora de pular fora.

FAÇA: use os melhores amigos a seu favor

Se você quer ser mais ousado, o "Melhores Amigos" pode ser uma saída. O que você posta por lá só é visto por quem você escolhe. Na prática, dá para postar coisas mais "calientes". Só use o bom senso. Não coloque na sua lista de "besties" alguém que não quer ver o que você pretende postar.

NÃO FAÇA: mandar nudes nunca solicitados

Se você está na dúvida se pode ou não enviar o nude, não envie. Esse tipo de foto ou vídeo só deve ser compartilhada com quem quer recebê-la. Mandar para quem não deixou o desejo explícito é horrendo e pode dar problemas mais sérios.

Em 2018, o Brasil sancionou a lei de importunação sexual. O texto define o crime como "praticar contra alguém e sem a sua anuência ato libidinoso com o objetivo de satisfazer a própria lascívia ou a de terceiro". Ou seja, fazer algo sexual —sem a autorização do outro— só para aliviar seu próprio tesão. Se a coisa for para um tribunal e você for julgado como culpado, a pena pode ser de um a cinco anos de reclusão.

FAÇA: aproveite o Facebook Namoro

Sim, sim, estamos evitando usar os apps de relacionamento aqui. Mas... o Instagram tem uma relação bem interessante com o Facebook Namoro.

Para quem não conhece, é a resposta de Zuckerberg ao Tinder, criando uma ferramenta para seus usuários se pegarem. O sistema, no entanto, é bem mais ideal que o concorrente se você não estiver a fim de encontrar desconhecidos.

Escondido dentro do app do Facebook (para achá-lo vá para Menu > Namoro), o recurso tem a função "Crush Secreto", que permite que você sinalize em quais seguidores do seu Instagram você daria uns beijos. Você pode adicionar até nove perfis que te seguem.

Se a pessoa também usar o Namoro, receberá uma notificação dizendo que alguém tem um crush nela. Ela, no entanto, não saberá quem é —a não ser que também tenha te adicionado como crush. É um match, mas só de pessoas que se seguem.

O grande problema é que pouca gente usa a ferramenta. Mas vale tentar!

NÃO FAÇA: procurar pessoas que não te deram match no Tinder

Mais uma vez, é importante entender quando houve rejeição. As regras do Tinder são extremamente claras: gostou? Deslize para a direita. Se os dois fizerem o mesmo, é match. A integração do app de relacionamentos com o "Insta" serve exclusivamente para ajudar os usuários a entenderem melhor seus pretendentes —não para que você tente contato com alguém que já não te quis. Ouvir não faz parte.