PUBLICIDADE
Topo

Traje de astronauta se quebra durante missão fora de estação espacial

O astronauta Chris Cassidy durante uma caminhada no espaço em 2013. Sete anos depois, em 2020, uma parte de seu traje se desprendeu enquanto ele estava no espaço - Divulgação/Nasa
O astronauta Chris Cassidy durante uma caminhada no espaço em 2013. Sete anos depois, em 2020, uma parte de seu traje se desprendeu enquanto ele estava no espaço Imagem: Divulgação/Nasa

De Tilt

28/06/2020 15h46

Você já deve ter visto esta cena em filmes, mas desta vez aconteceu na vida real. Enquanto caminhava do lado de fora da Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês), o astronauta Chris Cassidy viu parte de seu traje se desprender nesta sexta-feira (26).

Quando o incidente ocorreu, ele estava trocando as baterias de diversas áreas da ISS. Ao todo, o reparo demorou sete horas.

Diferente do que acontece nas telonas, no entanto, a cena foi menos dramática. O pedaço da roupa que se soltou foi um espelho, posicionado no pulso de Cassidy.

O objeto funciona da mesma forma que um retrovisor de carro, ou seja, ajuda o astronauta a ver o que está ao seu redor. Desta forma, ele não tem de se virar e fazer um tremendo esforço para mover o volumoso traje espacial.

astronauta - Divulgação/Nasa - Divulgação/Nasa
Parte que se soltou foi um espelho, como o que está posicionado no pulso esquerdo do astronauta na foto
Imagem: Divulgação/Nasa

Cassidy estava acompanhado do astronauta Robert Behnken. Antes de os dois abrirem as escotilhas e se aventurarem pelo espaço, a Nasa, a agência espacial norte-americana, até publicou um vídeo no Twitter para explicar como seria o trabalho deles. Veja abaixo:

Apesar de a missão ter sido bastante longa, trabalhosa e com algumas sobressaltos, a dupla voltará a fazer a mesma coisa em outras partes da ISS na quarta-feira (1º).

As novas baterias têm autonomia de 20 anos. Elas funcionam somente quando a ISS não é banhada pela luz solar, que é transformada em eletricidade pelos painéis solares.