PUBLICIDADE
Topo

App


Aplicativo Zoom compartilha dados de usuários com o Facebook, diz site

Tela do iPhone com ícones de aplicativos - Pixabay
Tela do iPhone com ícones de aplicativos Imagem: Pixabay

Do UOL, em São Paulo

27/03/2020 13h11

O aplicativo de videoconferência Zoom explodiu em popularidade por causa do isolamento em meio à pandemia do novo coronavírus. Mas o software, que não tem uma política de privacidade para a versão iOS clara, envia dados para o Facebook mesmo que o usuário não tenha conta na rede social. A informação é da Vice e foi baseada em uma análise profunda do aplicativo.

Esse tipo de transferência de dados não é incomum, principalmente para o Facebook. Muitos aplicativos usam os kits de desenvolvimento de software da rede social como uma forma de implementar recursos em seus programas mais facilmente. Isso gera a troca de dados entre os serviços.

Os usuários do Zoom, porém, podem não estar cientes de que isso está acontecendo. Ativista da Privacy Matters, Pat Walshe compartilhou em seu Twitter: "Isso é chocante. Não há nada na política de privacidade que lide com isso".

De acordo com a publicação norte-americana, ao baixar e abrir o aplicativo, o Zoom se conecta à API Graph do Facebook, de acordo com a análise da atividade de rede do aplicativo. A API do Graph é a principal maneira de os desenvolvedores obterem dados ou entrarem no Facebook.

Então, o Zoom notifica o Facebook quando o usuário abre o aplicativo sobre o modelo, o fuso horário e a cidade que eles estão se conectando e de qual operadora de telefone eles estão usando.

A política de privacidade do Zoom diz que a empresa pode coletar "informações de perfil do Facebook do usuário (quando você usa o Facebook para fazer login em nossos produtos ou criar uma conta para nossos produtos)", mas não menciona explicitamente nada sobre o envio de dados ao Facebook dos usuários do Zoom que não têm uma conta no Facebook.