PUBLICIDADE
Topo

Robô "mulher", meio-humanoide e tuiteira: quem é a nova astronauta da Índia

A robô humanoide Vyom Mitra, que significa amigo do espaço em sânscrito - Reprodução
A robô humanoide Vyom Mitra, que significa amigo do espaço em sânscrito Imagem: Reprodução

Thiago Varella

Colaboração para Tilt

26/01/2020 04h00Atualizada em 27/01/2020 08h19

A Agência Espacial Indiana (ISRO na sigla em inglês) apresentou, na última semana, sua nova astronauta: Vyom Mitra, uma robô que vai ser enviada ao espaço. A Índia pretende lançar uma nave não-tripulada por humano à Lua em dezembro e a humanoide — ou meio-humanoide, como a ISRO gosta de dizer, já que ela não tem as pernas — foi a escolhida para a aventura espacial. A nova astronauta já tem até perfil no Twitter, onde mostra ser bastante ativa.

Esse perfil na rede social é descrito como "não oficial" e seria alimentado com a colaboração do diálogo entre humanos e o sistema de inteligência artificial da robô. Até o fechamento desta matéria, havia um outro perfil da Vyom Mitra, com envolvimento bem mais tímido na rede social. Será que chegamos na era dos perfis fakes de robôs?

Em setembro do ano passado, a SRO tentou chegar à superfície lunar com a Vikram, um módulo de pouso que teve problemas nos freios. Se o módulo lunar tivesse conseguido pousar na Lua com sucesso, a Índia seria o quarto país a alcançar o feito, depois de Rússia, Estados Unidos e China.

Agora, Vyom Mitra (que significa amigo no espaço em sânscrito) estará à bordo da nave Gaganyaan, que fará duas missões não-tripuladas por humanos, uma em dezembro deste ano e outra em julho do ano que vem. Se tudo der certo, a espaçonave voltará à Lua em dezembro de 2021 ou durante o ano de 2022, desta vez com astronautas humanos.

Vyom Mitra tem um rosto humano e é bilíngue, já que fala inglês e hindi. A robô está programada para adotar posturas humanas durante a decolagem e o pouso. Além disso, ela também será capaz de operar alguns painéis de controle e, no futuro, poderá reconhecer e conversar com outros astronautas.

SIGA TILT NAS REDES SOCIAIS