PUBLICIDADE
Topo

Pornhub é processado por homem surdo que reivindica legendas nos vídeos

O Pornhub é o site de pornografia mais visitado no mundo - Getty Images
O Pornhub é o site de pornografia mais visitado no mundo Imagem: Getty Images

De Tilt, em São Paulo

17/01/2020 14h23

Sem tempo, irmão

  • Yaroslav Suris processou o PornHub por não incluir legendas em seus vídeos
  • O rapaz, deficiente auditivo, alega que não consegue "aproveitar totalmente" o conteúdo do site pornográfico
  • PornHub comentou que tem uma categoria especial para vídeos com legendas

Yaroslav Suris, um norte-americano com deficiência auditiva, entrou com processo contra o site de vídeos pornográficos PornHub por não incluir legendas em seus vídeos. O rapaz alega, nos documentos do processo, que ele e outras pessoas surdas não têm "acesso completo" ao conteúdo do site.

Segundo o TMZ, Suris até disse que assinaria o serviço premium pago do PornHub se os vídeos viessem, todos, com legendas para deficientes auditivos. No processo, ele não só quer obrigar o site a fazer a inclusão, como também busca recompensa monetária por danos morais.

O rapaz até mesmo listou alguns vídeos que tentou assistir no site, mas que abandonou por não entender sem o áudio. Os títulos vão de "policial sexy faz testemunha falar" a "tia postiça vira babá de sobrinho desobediente".

O Pornhub, através do seu vice-presidente Corey Price, respondeu ao processo alegando que o site tem uma sessão especial com vídeos legendados para deficientes auditivos. Para além disso, Price comentou que o site "evita falar sobre processos em litigação".

Curiosidades de tecnologia