Topo

Nova foto mostra o cometa interestelar 2I/Borisov mais de perto

Foto do 2I/Borisov foi tirada de um observatório do Havaí - Reprodução/Pieter van Dokkum, Cheng-Han Hsieh, Shany Danieli e Gregory Laughlin
Foto do 2I/Borisov foi tirada de um observatório do Havaí Imagem: Reprodução/Pieter van Dokkum, Cheng-Han Hsieh, Shany Danieli e Gregory Laughlin

De Tilt, em São Paulo

27/11/2019 11h20Atualizada em 27/11/2019 13h13

Astrônomos da Universidade de Yale, em Connecticut (EUA), fotografaram o cometa interestelar 2I/Borisov no último domingo em uma imagem que tem sido bastante aclamada pela comunidade de cientistas.

A foto foi tirada de um observatório do Havaí. Segundo os astrônomos, o cometa tem um elemento em forma de cauda que mede quase 160 mil quilômetros. Ele deve atingir o ponto mais próximo da Terra em meados de dezembro.

Em outubro, a Nasa divulgou uma imagem do cometa 2I/Borisov, capturada pelo telescópio espacial Hubble. O registro foi feito a uma distância de mais de 418 milhões de quilômetros da Terra.

A velocidade e a trajetória do 2I/Borisov indicam que o cometa —descoberto em 30 de agosto pelo astrônomo amador Gennady Borisov— vem de fora de nosso sistema solar. Assim, torna-se apenas o segundo objeto interestelar a passar pela área.

Em 2017, um objeto que ganhou o nome de 'Oumuamua passou a mais de 38 milhões de quilômetros do Sol, antes de sair do sistema solar.

SIGA TILT NAS REDES SOCIAIS

Astronomia