Topo

Novo celular da Xiaomi é feito "totalmente" de tela e tem câmera de 108 MP

Mi Mix Alpha, da Xiaomi - Divulgação
Mi Mix Alpha, da Xiaomi Imagem: Divulgação

De Tilt, em São Paulo

24/09/2019 14h57Atualizada em 24/09/2019 15h39

A criatividade da Xiaomi segue em alta. A fabricante chinesa, cercada de fãs pelo mundo, inovou mais uma vez e mostrou hoje um smartphone que é quase inteiramente feito de tela: o Mi Mix Alpha.

O dispositivo mostra que a empresa preferiu, no momento, seguir em direção diferente da Huawei e da Samsung, que lançaram aparelhos dobráveis neste ano. A empresa diz que o Mi Mix Alpha é um celular "conceito" e terá vendas limitadas.

O smartphone "conceitual" deve chegar ao mercado chinês em dezembro deste ano por um valor que beira R$ 11,5 mil, custando mais até do que o Galaxy Fold. A ideia, no entanto, não é produzir o telefone em larga escala.

Haja tela

A novidade da Xiaomi, que pode ser estranha em um primeiro momento, tem um display que envolve praticamente toda a carcaça do aparelho, na frente e atrás. Isso cria uma proporção de 180% de tela para o corpo do dispositivo.

Novo Mi Mix Alpha, celular "conceito" da Xiaomi - Divulgação
Novo Mi Mix Alpha, celular "conceito" da Xiaomi
Imagem: Divulgação

O produto tem algumas características curiosas em relação aos outros smartphones já existentes no mercado. Ícones como status, bateria e conexão wi-fi ficam na lateral da tela.

A tela traseira não faz muito mais do que a dianteira: na prática, ela se acende e toma as funções do display "normal" quando você gira o celular.

Câmera de 108 MP

Como é envolvido por uma única tela, o Mi Mix Alpha não tem câmera na frente do celular, forçando o usuário a virar o aparelho para tirar uma foto do próprio rosto com a tela traseira.

Ao menos as câmeras da "traseira" parecem de peso: existe um sensor principal de absurdos 108 MP feito em parceria com a Samsung, além de uma lente grande angular de 20 MP e outra teleobjetiva de 12 MP.

Poderoso

As configurações internas são potentes. O processador é um Snapdragon 855+ da Qualcomm, com 12 GB de RAM e capacidade de armazenamento de 512 GB, além de bateria de 4.050 mAh.

Além disso, o celular terá suporte para a nova tecnologia de conexões 5G.

Mi 9 Pro também é lançado

Além do Mi Mix Alpha, a Xiaomi também anunciou um celular mais próximo da realidade atual: o Mi 9 Pro, uma evolução do seu atual top de linha.

O smartphone vem com desempenho potente e conta com tecnologia 5G por "apenas" US$ 520 (cerca de R$ 2.500). Ele ainda conta com carregamento rápido de 40W.

Ficha técnica: Mi Mix Alpha

Tela: Surround Display Super AMOLED de 6,39 polegadas
Processador: Snapdragon 855+
Memória: 512 GB de armazenamento e 12 GB de RAM
Câmeras: tripla (principal de 108 MP, grande angular de 20 MP e teleobjetiva de 12 MP)
Bateria: 4.050 mAh

SIGA TILT NAS REDES SOCIAIS

Smartphone