Topo

Destino do passageiro e sem papo com motorista: Uber terá mudanças em breve

Uber atendeu pedido de motoristas no Brasil por mais segurança - iStock/Getty
Uber atendeu pedido de motoristas no Brasil por mais segurança Imagem: iStock/Getty

Gabriel Francisco Ribeiro

Do UOL, em São Paulo

16/05/2019 17h38

Resumo da notícia

  • Uber anunciou que passará a informar região de destino do passageiro a motoristas
  • Recurso era pedido antigo de condutores e foi inclusive uma das pautas da recente greve
  • Nos Estados Unidos, app implantou recurso para quem não quer conversar
  • Passageiro poderá ativar "Quiet Mode" para avisar ao motorista que não quer papo

A Uber terá algumas novidades em breve. A companhia afirmou que começou a implantar no Brasil um antigo pedido de motoristas, que queriam saber o destino final de quem solicita o carro. Já outro recurso em teste pode diminuir a interação entre condutores e passageiros.

A novidade que já está valendo no Brasil é a que vai mostrar o destino final das corridas solicitadas pelos passageiro. A empresa afirmou que começou a disponibilizar o recurso nesta semana para condutores das capitais do sul do Brasil, além de outras cidades específicas. Em breve, ele deve ser disponibilizado a todos os motoristas.

O recurso já existe em apps concorrentes como a 99 e era um antigo pedido dos motoristas que exigiam mais ferramentas de segurança - foi, inclusive, um dos pedidos na greve realizada por condutores na última semana.

Com a novidade, motoristas saberão, ao receber uma chamada de corrida, a região de destino do passageiro que solicitou o carro. O recurso é polêmico, já que pode diminuir a aceitação de corridas em regiões periféricas onde possa haver mais crimes - uma das transformações da Uber foi inclusive levar carros para regiões em que o táxi não chegava, o que pode ser afetado agora.

Vou de app! Na briga com o Uber, os táxis não morreram

Confira o especial

Junto ao aviso da região do passageiro, o motorista também receberá um alerta se o passageiro que pediu o carro tiver poucas corridas no histórico. Isso visa diminuir crimes, por vezes feitos com cadastros novos na plataforma. Caberá ao motorista aceitar ou não - isso também pode afetar pessoas que passaram a usar o app agora.

A Uber alega que realiza experimentos há meses para adicionar ambos os recursos ao seu sistema. A empresa diz que as avaliações seguem e não descarta mudanças na ferramenta no futuro.

Menos papo com motoristas

Já outra novidade começou a valer nos Estados Unidos e é voltada a passageiros que não querem muito papo com motoristas. O app anunciou a criação de um botão para usuários avisarem ao condutor que não querem conversar, antes de entrar no carro.

"Tapa na cara dos machistas": ela é a motorista da Uber mais bem avaliada no RJ

Leia mais

A novidade valerá apenas para corridas de luxo selecionadas na modalidade Uber Black. Ela vem acompanhada de outras novidades que podem ser solicitadas ao condutor antes da viagem, como assistência com bagagem e ajuste de temperatura.

O modo de silenciar motoristas é chamado de "Quiet Mode". Ao ativar essa opção, você solicita que o motorista não bata papo com você.

Transporte