PUBLICIDADE
Topo

Do Corinthians ao massacre nos EUA, veja o Facebook em 2017 pelo mundo

WERTHER SANTANA/ESTADÃO CONTEÚDO
Imagem: WERTHER SANTANA/ESTADÃO CONTEÚDO

Do UOL, em São Paulo

06/12/2017 13h21Atualizada em 06/12/2017 13h37

Corinthians, Daniela Mercury, enchentes, furacões, massacre em Las Vegas e Manchester. Não, não é a retrospectiva 2017 da TV ou do UOL, mas do Facebook mesmo. Esses foram os temas mais bombados da rede social no Brasil e no mundo neste ano.

Os principais momentos dessa retrospectiva foram determinados, segundo o Facebook, comparando o volume de palavras-chave ano a ano e observando diariamente picos de palavras-chave entre 1º de janeiro e 15 de novembro de 2017, revisando os principais produtos do Facebook usados durante momentos de destaque no ano.

No Brasil, os temas mais discutidos foram o Dia das Mães, o casamento de Daniela Mercury no Carnaval, a conquista do Campeonato Brasileiro pelo Corinthians e a vitória do Barcelona contra o PSG na disputa por uma vaga nas quartas de final da Liga dos Campeões.

VEJA TAMBÉM

Em cima de trio elétrico, Daniela Mercury casa com Malu em pleno Carnaval de Salvador - Alex Yamane/Agfpontes/Divulgação - Alex Yamane/Agfpontes/Divulgação
Em cima de trio elétrico, Daniela Mercury casa com Malu em pleno Carnaval de Salvador
Imagem: Alex Yamane/Agfpontes/Divulgação

Pelo mundo, o feminismo está em alta: o Dia Internacional da Mulher foi o momento mais comentado de 2017, com o dobro de pessoas falando, compartilhando e postando em celebração às mulheres e assuntos relacionados do que em 2016. O Brasil teve seu papel nisso, pois foi o segundo país do mundo a liderar essa conversa depois dos EUA.

No restante do globo, a final do campeonato do futebol americano Super Bowl 51, em fevereiro, também estourou com muitas postagens sobre os times favoritos, o show de Lady Gaga e os esperados comerciais de TV. Os vídeos relacionados ao evento contaram com mais de 262 milhões de visualizações na plataforma.

Ainda no tema esporte, a cobertura da CBF TV em junho deste ano com os bastidores e a transmissão ao vivo do amistoso da seleção brasileira contra a Austrália foi um dos vídeos ao vivo mais assistidos no Brasil, somando mais de 7,2 milhões de visualizações.

Jovem acende vela durante vigília em memória às vitimas de atirador em Las Vegas - Chris Wattie/ Reuters - Chris Wattie/ Reuters
Jovem acende vela durante vigília em memória às vitimas de atirador em Las Vegas
Imagem: Chris Wattie/ Reuters

Mas nem tudo é alegria: o massacre de Las Vegas, onde um atirador matou 59 pessoas em um show, levou mais de 3.300 pessoas a oferecer ajuda comunitária pelo centro de Resposta à Crise no Facebook.

Outras tragédias foram destaque.

  • terremoto no México em setembro gerou o maior número de interações totais ao Resposta à Crise do ano, com milhões de pessoas se marcando como seguras;
  • O Furacão Harvey, em agosto, foi o maior esforço de arrecadação de recursos no Facebook para uma crise em 2017, com mais de US$ 20 milhões em doações;
  • O concerto beneficente "One Love Manchester" após o ataque terrorista na cidade inglesa em junho foi a transmissão pelo Live mais assistida em 2017, com mais de 80 milhões de visualizações.
  • As enchentes em Alagoas e Pernambuco, que ocorreram em maio, foram os momentos em que as pessoas mais se marcaram seguras no Facebook no Brasil este ano.

Dentre os eventos offline de destaque, o eclipse solar em agosto teve mais de 20 mil eventos criados no Facebook em mais de 80 países; e a Marcha das Mulheres em Washington em janeiro reuniu mais de 500 mil pessoas online e offline, no maior evento no Facebook para uma única causa em 2017.