PUBLICIDADE
Topo

Testes comparam três smartphones com suporte a TV digital; confira

Motorola Atrix XT682 (esq), Galaxy Y TV e Nokia 701 (dir) são compatíveis com padrão de TV digital brasileiro - Divulgação
Motorola Atrix XT682 (esq), Galaxy Y TV e Nokia 701 (dir) são compatíveis com padrão de TV digital brasileiro Imagem: Divulgação

Aline Mariano e Sérgio Vinícius

Do UOL, em São Paulo

05/12/2012 06h00Atualizada em 05/12/2012 17h02

Os leitores Eliane e João entraram em contato com o UOL Tecnologia para saber qual é o melhor smartphone com suporte a TV digital no mercado brasileiro. Para responder à dúvida, a reportagem contatou as grandes fabricantes de telefones celulares do país, que indicaram três eletrônicos para o teste comparativo.

Se tiver alguma dúvida sobre tecnologia, envie um e-mail para uoltecnologia@uol.com.br, que ela pode ser respondida.

A Nokia enviou o smartphone 701, que tem boa qualidade na tela e permite gravar os programas reproduzidos no telefone, mas que não funciona sem o fone de ouvido conectado – ele faz as vezes de antena sintonizadora. A Samsung indicou o Galaxy Y TV, que captou mais canais que os concorrentes, embora tenha a pior imagem. Por fim, a Motorola recomendou o Atrix TV, de display bastante nítido, também com possibilidade de gravar programas, mas que apresentou uma série de travamentos nos testes (LG e Sony não indicaram smartphones para participar do comparativo).

Antes de optar por esse ou aquele aparelho, independentemente de sua qualidade, é importante saber se sua cidade ou região dá suporte à TV digital. “Para que esses smartphones funcionem normalmente, é necessário que a área de uso ofereça cobertura”, aponta Amaury Sousa, porta-voz da Motorola. “Assim como o 3G ainda está em fase de aperfeiçoamento, o mesmo ocorre com a tecnologia da TV”.

Na prática, o sinal pode falhar em muitos locais que em tese oferecem suporte à TV digital. Nos testes realizados em cidades da grande São Paulo, os smartphones por vezes travaram algumas cenas da novela. Para descobrir se sua região possui a cobertura, acesse o site.

Abaixo, você conhece mais detalhes sobre os cumpridores Nokia 701, Samsung Galaxy Y TV e Motorola Atrix X T682. Bem como seus pontos positivos, negativos e como lidam com suporte à TV Digital (considerando que eles quebram muito o galho, em horas de aperto como o final de campeonato de futebol, a famosa sequência de luta de “Cinderela Baiana” -  ou qualquer coisa que o Dr. Rey esteja fazendo na TV).

Motorola Atrix XT682

O aparelho da Motorola se mostrou mais ágil do que os concorrentes na função de televisão – ele, no entanto, encontrou menos canais que os outros smartphones avaliados. Seu principal problema não foi na função de televisão, mas sim de telefone, com quedas constantes de sinal independente de qual a operadora escolhida. 

Na prática, o televisor incorporado ao smartphone trava tanto quanto seus concorrentes. Entretanto, quebra muito bem o galho para pessoas que não querem perder determinado programa. Para funcionar bem, é essencial esticar a antena do aparelho até o máximo. Depois, deve-se procurar o ponto em que o sinal fica melhor e, a partir daí, não mais se mover. Sob essas condições, o Atrix vai muito bem.

A tela oferece uma experiência um pouco melhor neste smartphone quando comparado aos concorrentes. Por ser maior e mais nítida do que os outros avaliados, a imagem exibida no display apresenta boa qualidade

Veja aqui análise completa.

Samsung Galaxy Y TV

Na comparação direta com os concorrentes Nokia 701 e Motorola Atrix XT682, o Samsung Galaxy Y TV é o melhor e o pior entre os avaliados. Ele foi o que sintonizou mais canais – 12, no total. Por outro lado, foi o que apresentou pior qualidade nas imagens – o conteúdo multimídia fica um pouco distorcido e esticado na posição vertical da tela.

Quanto às outras funções da TV, o aparelho empata com a concorrência. Ele é bastante fácil e intuitivo de manusear. O menu coloca os ícones de acesso ao televisor de forma que o usuário saiba exatamente onde apertar para realizar a tarefa desejada – seja mudar de emissora ou trocar a função.

Veja aqui análise completa.

Nokia 701

Com 10 canais sintonizados, o equipamento apresentou qualidade de imagens e acabamento superior ao dos concorrentes. Ele permite gravar programas de forma fácil e tem câmera digital digital de 8 megapixels que agrada.

O maior diferencial para os concorrente é, entretanto, um ponto negativo. O modelo utiliza o fone de ouvido como antena. Ao desconectá-lo, a TV sai do ar. Até é possível reproduzir o áudio dos programas pelo alto-falante do smartphone - mas, para isso, é necessário realizar uma configuração específica. Por padrão, o áudio sai somente pelo fone de ouvido. Caso esteja assistindo ao "Senhor Poliglota Muito Louco" com várias pessoas, o usuário com o fone será obrigado a narrar o que assiste (o que não deixaria de ser uma tarefa interessante).

Veja aqui análise completa.