PUBLICIDADE
Topo

Sonda chinesa envia sua primeira foto de Marte

Imagem em preto e branco de Marte capturada pela sonda chinesa Tianwen-1  - China National Space Administration
Imagem em preto e branco de Marte capturada pela sonda chinesa Tianwen-1 Imagem: China National Space Administration

Da AFP, em Pequim

05/02/2021 13h16

A sonda espacial chinesa Tianwen-1, que se dirige a Marte, enviou nesta sexta-feira (5) sua primeira imagem do planeta vermelho, informou a agência espacial nacional (CNSA).

O aparelho, lançado no final de julho da China, deve se aproximar de Marte em 10 de fevereiro.

A primeira foto recebida na Terra do planeta vermelho parece mostrar um conjunto gasoso e o que parecem ser crateras.

A imagem em preto e branco foi tirada a cerca de 2,2 milhões de quilômetros de Marte, de acordo com a agência espacial chinesa e mostra Valles Marineris (cânions próximos ao equador do planeta vermelho), Schiaparelli (uma vasta cratera) e a planície de Acidalia Planitia, especifica a CNSA.

Tianwen-1 é composta por três elementos: um orbitador (que irá girar em torno do astro), um módulo de pouso e um robô de controle remoto com rodas (encarregado de analisar o solo).

O robô contido na sonda será implantado em Marte em maio.

Pesando mais de 200 quilos, é equipado com quatro painéis solares e deverá funcionar por três meses.

Vai fazer análises do solo, da atmosfera, tirar fotos e contribuir para o mapeamento do planeta vermelho.

A China espera fazer, nesta primeira tentativa independente de explorar Marte, quase tudo que os Estados Unidos realizaram em várias missões marcianas desde os anos 1960.

Ou seja, colocar uma sonda em órbita, pousar um módulo e, em seguida, controlar um robô remotamente.

A missão é chamada "Tianwen-1" ("Perguntas para o Céu 1") em homenagem a um antigo poema chinês sobre Astronomia.