PUBLICIDADE
Topo

Perdeu ou roubaram seu celular? Saiba como garantir sua privacidade

Think Stock
Imagem: Think Stock

Do UOL, em São Paulo

25/03/2016 06h00

A perda ou roubo do smartphone nem sempre se resume ao prejuízo material. O aparelho, às vezes, é o menor dos problemas do usuário, que pode ter a sua privacidade totalmente invadida e até mesmo os seus dados bancários vulneráveis. Sem contar no prejuízo afetivo, com a perda de fotos, vídeos e conteúdos --que nem sempre pode ser reparada.

Em 2015, segundo o Ministério da Justiça, o Brasil teve mais de 1 milhão de registros de roubo ou perda de celulares. E estima-se, como aponta o empresa "Bem Mais Seguro", que 73 celulares são roubados em média por hora nas principais capitais brasileiras.

Na tentativa de contribuir o número de roubos e agilizar a inutilização dos smartphones, a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) anunciou recentemente a possibilidade do bloqueio do aparelho a partir do número da linha, não mais apenas pelo IMEI (International Mobile Equipment Identity)--  número único de identidade do dispositivo. A medida, no entanto, não é suficiente para a proteção dos seus dados.

A minimização dos danos, como aponta a empresa de segurança digital PSafe, está em ações simples, mas que são bastante eficientes. Veja: 

  • iStock

    1. Leve a sério as senhas de desbloqueio

    O desbloqueio da tela por meio de senha é uma alternativa básica de segurança e deve ser levada a sério. Nada de escolher uma senha fácil! Mescle sempre números, letras e caracteres especiais. Além disso, mude a senha periodicamente.

  • Shuttetstock

    2. Não se esqueça de fazer backup

    De tempos em tempos, faça backup do conteúdo do seu celular e delete o excesso de informações. Esse cuidado reduz os riscos de perder informações importantes ou de elas serem "vazadas".

  • Thinkstock

    3. Tenha um software de proteção

    Aplicativos de proteção possuem funções adicionais que aumentam a segurança em casos de perda ou roubo. Há diversas opções no mercado que oferecem a possibilidade da inclusão de senhas extras de acesso aos aplicativos mais importantes, é possível também fazer o gerenciamento do smartphone à distância.

  • Eduardo Anizelli/Folhapress

    4. Cuidado redobrado em lugares de grandes aglomerações

    Em locais públicos movimentados ou em grandes aglomerações, a recomendação é que se evite mexer no celular. Também é importante evitar deixá-lo nos bolsos de trás da calça ou na mochila. Mantenha o aparelho em lugares de difícil acesso.

  • Leo Drummond/Folhapress

    5. Solicite o bloqueio do aparelho

    Ao ter o celular perdido, extraviado ou roubado, solicite o bloqueio imediato do aparelho junto a sua operadora ou durante o registro da ocorrência na delegacia de polícia. A medida é importante para que você se proteja, caso o ladrão realize alguma atividade indevida a partir do seu aparelho

  • Getty Images

    6. Apague dados remotamente

    Caso seu smartphone esteja vinculado a programas de armazenamento na nuvem, é importante o acesso imediato ao serviço online para apagar dados remotamente. A medida evita que a pessoa em posse do aparelho tenha acesso a informações.