PUBLICIDADE
Topo

Akin Abaz

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Não é vírus, é barata: as porquices que podem zoar seu computador

Barata encontrada dentro de computador que chegou na minha empresa para manutenção - Arquivo pessoal/ Akin Abaz
Barata encontrada dentro de computador que chegou na minha empresa para manutenção Imagem: Arquivo pessoal/ Akin Abaz
Conteúdo exclusivo para assinantes
Akin Abaz

Akin Bakari D'Angelo dos Santos é fundador da InfoPreta e homem trans. Um curioso nato e um amante do desconhecido, sempre se interessou por montar, desmontar e entender o funcionamento dos eletrônicos. Fez cursos técnicos na adolescência e, aos 15 anos, já atuava na área da indústria com manutenção eletrônica de maquinário pesado. Em 2011, começou a consertar computadores em seu quarto e dois anos depois fundou a InfoPreta, empresa de serviços de manutenção que tem por objetivo inserir pessoas negras, LGBTQI+ e mulheres no mercado tech, aliando lucros a projetos sociais de grande impacto.

Colunista do UOL*

04/03/2021 04h00

A relação dos seres humanos com seus eletrônicos pode ser um tanto quanto peculiar, mesmo que a gente pense que a maioria de nós utiliza e cuida dos equipamentos de uma maneira que a sociedade considera "normal". O uso de celulares, smartphones, tablets, notebooks, computadores, etc. não é restrito àqueles que sabem sobre manutenção e conserto dos equipamentos. E é exatamente aí que o bicho pega.

Ao longo desses anos trabalhando com tecnologia e oferecendo serviços para notebooks e computadores vi muita coisa divertida, mas também alguns casos constrangedores que eu gostaria de esquecer.

Das histórias mais leves, tem o caso da cliente que reclamou que seu equipamento não funcionava, mas na verdade ela tinha esquecido de ligar. Teve também um outro cliente que, ao darmos o diagnóstico do serviço necessário, disse que conseguiria fazer sozinho. Depois de alguns dias ele voltou e realmente tinha feito. Tudo ao contrário.

Mas é claro que se a vida fosse fácil assim, esse texto não seria escrito.

Tem um cuidado específico necessário tanto para computadores quanto para notebooks que pode expor o pior dos seres humanos: a limpeza.

Tem gente que não sabe que os equipamentos acumulam sujeira, mas sabe que não é certo comer e beber perto deles porque acidentes podem acontecer.

Quando os clientes chegam avisando que o notebook está limpo, nós sabemos que provavelmente não está. Que 9 a cada 10 usuários se deliciam com alimentos e bebidas perto dos equipamentos.

Sabemos também que pelo menos uma vez o notebook foi utilizado no colo ou em superfícies instáveis e propensas ao acúmulo de poeira.

Mas existe um problema maior em relação à sujeira nos equipamentos: ela nunca vem sozinha, dependendo do quão sujo eles estão.

Certa vez, uma cliente jurou que não tinha derrubado nada na máquina. Jurou de pés juntos mesmo, certa de que a gente não descobria a quantidade de farelos que havia ali, e junto com ela, um lindo e belo formigueiro.

Aliás, insetos e bichinhos como formigas, baratas e aranhas sempre dão as caras, e às vezes aparecem outras sujeiras que a gente não consegue nem identificar. Infelizmente, algumas outras nós conseguimos.

A pior história de todas, ganhadora do Oscar da falta de limpeza (e de noção), foi quando ao abrir o notebook de um cliente encontramos pelos pubianos. Sim, pelos. Pubianos. Você deve estar se perguntando como isso aconteceu. Eu também me perguntei e questionei ao cliente. Ele apenas respondeu que utilizou a webcam como espelho enquanto fazia depilação.

A limpeza frequente de computadores e notebooks é muito importante para manter seu equipamento funcionando perfeitamente. Ela evita problemas como superaquecimento, desgaste de peças caso haja umidade e e insetos atrás dos farelos que você pode acabar deixando cair na máquina.

Na verdade, até uma camada fina de poeira pode prejudicar o equipamento, então a limpeza preventiva é extremamente necessária.

Ah, e tem um bônus: ela também evita que você passe por situações cabulosas como as que contamos aqui.

* Colaborou Rhayssa Souza, jornalista e redatora de conteúdo da Infopreta