PUBLICIDADE

Topo

Afinal, o que tinha dentro da minigarrafinha de Coca-Cola?

Reprodução
Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

08/08/2017 04h00

Não: para a infelicidade de algumas crianças excessivamente curiosas, não tinha refrigerante dentro das minigarrafinhas de Coca-Cola que fizeram sucesso no Brasil nos anos 1980 e 1990.

Distribuídas como parte de uma promoção, as garrafinhas de vidro vinham cheias de um líquido escuro misterioso que parecia, mas não era, Coca-Cola de verdade.

A internet oferece várias teorias sobre o real conteúdo das pequenas garrafinhas. Mas o UOL Jogos entrou em contato com a Coca-Cola para acabar de vez com qualquer dúvida no assunto.

De acordo com a empresa, uma combinação entre água não gaseificada, corante caramelo e um conservante (benzoato de sódio) criava a ilusão de refrigerante dentro da miniatura. O líquido não era feito para consumo, mas também não fazia mal, ao contrário do que diziam alguns pais na tentativa de coibir a curiosidade de seus filhos.

ACOMPANHE UOL JOGOS NO YOUTUBE!

 

Consideradas peças de colecionadores hoje em dia, as minigarrafinhas podiam ser obtidas em troca de tampinhas dos refrigerantes Coca-Cola, Fanta e Taí. Um pequeno engradado que comportava até seis miniaturas também era oferecido.

Coca-Cola - Divulgação/The Coca-Cola Company - Divulgação/The Coca-Cola Company
A Coca-Cola chegou a lançar outras minigarrafinhas colecionáveis, mas nenhuma delas vinha com líquido dentro
Imagem: Divulgação/The Coca-Cola Company