Morre produtor e roteirista de TV Norman Lear, vencedor do Emmy, aos 101 anos

(Reuters) - O produtor e roteirista de televisão Norman Lear, cujos programas de comédia de sucesso como "Tudo em Família" e "Maude" abordavam questões sociais como raça e aborto, que raramente eram vistas na televisão dos Estados Unidos, morreu na terça-feira, aos 101 anos, de acordo com informações da imprensa.

Lear, uma das pessoas mais influentes da televisão norte-americana, morreu em sua casa em Los Angeles de causas naturais, noticiou a revista Variety nesta quarta-feira, citando seu assessor.

Lear, que ganhou seis prêmios Emmy por seu trabalho na televisão, era conhecido por sua campanha por causas progressistas, incluindo o direito de voto, e trabalhou bem até os 90 anos.

Em 2017, ele reiniciou sua série de TV dos anos 1970, "One Day at a Time", focando em uma família cubano-americana, e em 2020 ganhou seu sexto Emmy por uma transmissão ao vivo especial de "Tudo em Família" e "Good Times".

Em fevereiro de 2021, Lear recebeu o prêmio Carol Burnett, uma honraria pelo conjunto de sua obra, na cerimônia do Globo de Ouro por suas contribuições à televisão.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes