Naiara Azevedo acusa ex-marido de lesão corporal, apropriação de bens e violência patrimonial

Naiara Azevedo registrou um boletim de ocorrência contra o ex-marido por violência doméstica em Goiás. A defesa da artista informou que ela acusa Rafael Cabral de lesão corporal, injúria, ameaça, apropriação indébita e violência patrimonial. O Estadão procurou Rafael para um pronunciamento, mas não teve retorno, o espaço segue aberto.

Mais cedo, a assessoria de Naiara confirmou que a cantora esteve na delegacia, mas não especificou quem era o autor do crime. Agora, a advogada Maria Luiza Póvoa Cruz revelou que a Justiça de Goiás deferiu medida protetiva em favor de Naiara contra o ex-marido. Veja o novo comunicado:

"O divórcio entre a cantora e o ex-marido foi decretado em outubro de 2021. Na madrugada desta quinta-feira, 30, a advogada acompanhou a cantora na Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher de Goiânia, para formalização do referido pedido de medida protetiva e demais ocorrências, objetivando o amparo legal contra práticas de constrangimento ilegal, lesão corporal, injúria, ameaça, apropriação indébita e violência patrimonial que vem sofrendo."

Antes da defesa da sertaneja revelar a acusação de violência patrimonial, o g1 noticiou que, no boletim de ocorrência, Naiara disse que temia por sua vida. Isso porque Rafael teria feito um seguro de vida no nome dela com um valor muito alto, tendo ele próprio como beneficiário.

Em meio a repercussão do caso, a artista precisou reagendar o show que aconteceria neste sábado, 2, no Vale de São Domingos (MT), que ainda não tem data prevista. As demais apresentações de Naiara Azevedo seguem inalteradas.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes