Arrasta Pé atrai multidão: 'São João em Pernambuco é outra coisa'

O Arrasta Pé deu a largada em grande estilo na programação de São João do Recife.

Como foi

A festa, nos dias 7 e 8, no Centro de Convenções, em Olinda, contou com sucessos do forró e sertanejo. E reuniu mais de 100 mil pessoas, segundo a organização do evento. A noite de encerramento teve shows de PV Calado, Limão com Mel, Wesley Safadão, Gusttavo Lima, Eric Land e Tarcísio do Acordeon.

Arrasta Pé reuniu multidão
Arrasta Pé reuniu multidão Imagem: Kaio Cads

Apresentando o projeto Festival Playlist, a banda Limão com Mel abriu o portal do tempo e levou o público para uma viagem de volta aos anos 1990. Sob o comando de Edson Lima, que retornou à banda em 2021 após 20 anos, e Adma Andrade, o grupo embalou o público com sucessos como Anjo Querubim e Tanto que eu te Amei.

Diversidade é a palavra

No meio da multidão, chamava a atenção a diversidade. Tinha jovens e idosos, de vários estados do Brasil.

Representando o forró das antigas, Limão com Mel mexeu com a memória afetiva do público
Representando o forró das antigas, Limão com Mel mexeu com a memória afetiva do público Imagem: Kaio Cads

A empresária Dorivani Souza, 59 anos, curtia a festa ao lado do marido Antônio Carlos, de 74. O casal, que veio de Goiânia (GO), já atingiu a marca de 36 festas juninas celebradas de rostinho colado. Ela afirma que curtir um arraial no Nordeste não tem comparação. "Recife é a capital do forró, é Pernambuco onde o São João tem tradição."

O teste para saber se o público ainda tinha energia foi o encerramento do show da banda Limão com Mel ao som de músicas que se tornaram clássicos das quadrilhas juninas, a exemplo de Cometa mambembe, de Alcymar Monteiro. Dançando e cantando sem parar, a multidão deu sinais de que tinha energia de sobra para curtir a noite, que ainda reservava diversas atrações.

Continua após a publicidade

Safadão exalta Pernambuco

Pouco antes das 21h o cantor Wesley Safadão subiu ao palco e mostrou a que veio: trouxe, logo de cara, os maiores sucessos da carreira, como Pega, Guanabara e Tchuco Nela. Não deu outra: um coro afinado acompanhou o artista nas primeiras canções, sem perder o fôlego.

O artista exaltou a importância da capital pernambucana na sua carreira: "Se tem um lugar que fez história na nossa carreira, é esse Pernambuco". A declaração foi um prenúncio para tocar "Juras de amor", que novamente incendiou o público. Na sequência, veio Tentativas em vão e, mesmo com chuva, os forrozeiros seguiram em coro.

Animação, mesmo com chuva

Uma das vozes do coro animado era a da pedagoga Fabiana Campos, do Recife. Ao lado do marido, com quem já comemora 11 festas juninas, ela considera que o evento foi a melhor forma de dar a largada no São João do Recife.

A festa começou bem, com bandas tradicionais e atrações nacionais. A gente veio comemorar o Dia dos Namorados antecipadamente.
Fabiana Campos, pedagoga

Continua após a publicidade

Já o bancário Rafael Ferreira, de 25 anos, veio de Manaus, na região Norte, para curtir o melhor do forró.

Eu vim passar uns dias de férias em Porto de Galinhas, mas quando soube que o Eric Land iria tocar, vim para o arraial. São João em Pernambuco é outra coisa.
Rafael Ferreira, bancário

A chuva, que até então intercalava algumas pancadas, ficou de vez no momento em que Gusttavo Lima subiu ao palco. Ele abriu o show com uma versão de "It must have been love", do Roxette, dando o tom romântico que conduziria a noite. O público não arredou o pé e seguiu em clima de alegria.

Mais festa por aí

Na noite de abertura, o Arrasta Pé recebeu ainda apresentações de Henrique & Juliano, Xand Avião, João Gomes, Zé Vaqueiro, Calcinha Preta e Flávio José. Na capital pernambucana, a programação segue no dia 11 com as eliminatórias do Concurso de Quadrilhas, no Sítio da Trindade, e se encerra no dia 30, com show da banda Mestre Ambrósio, no Pátio de São Pedro.

Deixe seu comentário

Só para assinantes