Conteúdo publicado há 20 dias

Alice Wegmann conta quantos quilos perdeu para Justiça 2: 'Frágil'

Alice Wegmann, 28, deu vida à Carolina, de "Justiça 2", uma jovem que é abusada por anos pelo tio, Jayme (Murilo Benício), e resolve denunciá-lo. Os quatro últimos episódios da série do Globoplay estarão disponíveis a partir da noite de hoje.

O que aconteceu

Em entrevista à coluna Play, de O Globo, a atriz fez uma análise sobre o caso de sua personagem: "Um caso como esse não tem reparação, é um trauma para sempre. A Carolina vai sempre carregar esse trauma, do início ao fim da vida. O que eu espero para ela nesse final é que ela consiga recuperar a felicidade dela, o prazer sexual dela, a vivacidade, o prazer de viver. Os traumas geralmente a gente não consegue esquecer, mas a gente consegue lidar com eles de uma forma melhor".

Feliz com o trabalho: "Eu particularmente sou muito fã da série. A Manuela Dias tem um jeito de escrever muito especial e diferenciado. Quando ela me falou 'estou escrevendo uma personagem para você', na hora eu gelei. Já imaginava que vinha coisa boa. Mas eu não sabia que ia ser um tema tão importante, tão pertinente e tratado dessa forma, na estrutura da família. É muita responsabilidade contar uma história dessa, com atores tão grandiosos no elenco".

Sucesso no streaming: "A gente já tinha a referência da primeira temporada, muito bem executada, muito boa. E a gente queria também deixar o nosso legado de alguma forma no 'Justiça 2'. E eu acho que a gente conseguiu fazer isso de uma forma que realmente tocou as pessoas. O resultado a gente está vendo nesses números. É realmente a série mais assistida da história do Globoplay, e não é à toa".

Importância de abordar os temas: "A gente precisa bater nessa tecla e relembrar a todo momento, porque infelizmente os índices de estupro e casos de assédio ainda são muito altos, principalmente aqui no Brasil. A gente fala também, sobretudo, da maioria dos casos, que acontece dentro da própria família, com pessoas muito próximas".

Encorajando outras pessoas: "O caso da Carolina, que a gente vê ali televisionado, acontece com muito mais frequência do que a gente imagina na vida real. Então, eu acho muito importante abordar esse tema na ficção de uma forma verdadeira como foi abordado pelo Gustavo Fernandez, nosso diretor, porque infelizmente muitas pessoas vão se identificar, mas, felizmente, muitas pessoas vão olhar a trajetória da Carolina, ver essa denúncia sendo feita e se encorajar para fazer o mesmo".

Já foi vítima de assédio: "Todas as mulheres com quem eu já conversei, de alguma forma, já foram abusadas ou foram assediadas. Ao nascer mulher, você já carrega um certo medo, uma insegurança, e isso não pode mais acontecer. A gente não pode mais viver neste tipo de mundo. Todas nós já passamos por algum tipo de abuso, de assédio. Eu realmente nunca conheci uma mulher que não tenha sido assediada moralmente, sexualmente, sofrido qualquer tipo de violência. Então, sim, é uma história minha e é uma história de todas as mulheres do nosso país, infelizmente".

Perdeu 16 kg: "A Carolina tem uma coisa frágil, que o rosto principalmente trouxe para ela. No 'Rensga Hits!' (série que estrelou e que ganhará novas temporadas no Globoplay), pode ver que eu tenho mais bochecha. Eu acho que o abuso sexual pode acarretar várias coisas diferentes. Tem gente que tem tendência a engordar, tem gente que tem tendência a emagrecer, mas sempre fica um rastro do abuso na forma como a gente enxerga o nosso próprio corpo, as nossas inseguranças. Eu quis trazer para a Carolina esse lugar um pouco mais endurecido. Quando eu emagreço, eu fico com uma mandíbula mais marcada, acho que coube para a personagem".

Wegmann já recuperou os 16 kg que ganhou.

Continua após a publicidade