Conteúdo publicado há 29 dias

O esquema de segurança para show de Madonna no Rio

PM deve mobilizar mais de três mil agentes antes, durante e depois do show de Madonna, no dia 4 de maio, no Rio de Janeiro. Esquema de segurança para Madonna deve seguir planejamento semelhante ao de Alok e do Réveillon de Copacabana.

Esquema de segurança deve contar com pontos de revista equipados com câmeras de reconhecimento facial e com policiais utilizando detectores de metais. Revistas acontecerão nas saídas das estações de metrô no bairro da Zona Sul carioca.

Pontos de bloqueio serão instalados nas ruas de acesso à orla. Viaturas e motopatrulhas devem integrar o policiamento motorizado, assim como torres de observação na região e tendas e quadriciclos para equipes na faixa de areia.

Pela primeira vez, será utilizado o recém-adquirido Centro Integrado de Comando e Controle Móvel, instalado num caminhão de grande porte que ficará estacionado na Praça do Lido. Entre outros recursos tecnológicos, o CICC Móvel é equipado com telas para receber imagens das câmeras distribuídas na orla e vias de acesso, assim como de drones e aeronaves tripuladas. Todas as câmeras terão dispositivos de reconhecimento facial.

PM deve pedir o apoio de outras tropas, como o Grupamento Aeromóvel (GAM), que realizará o monitoramento aéreo, o Batalhão de Ações com Cães (BAC), o Batalhão de Polícia de Choque (BPChq) e as Rondas Especiais e Controle de Multidões (RECOM). Esquema visa segurança para a realização de um espetáculo de repercussão internacional, diz corporação.

Deixe seu comentário

Só para assinantes