Conteúdo publicado há 1 mês

MP pede investigação de Arthur O Urso e esposas por atos obscenos em praia

O Ministério Público da Paraíba vai acompanhar investigação de Arthur O Urso e suas esposas por supostos atos obscenos em público.

O que aconteceu

Circula nas redes sociais um vídeo das mulheres exibindo as partes íntimas na orla de João Pessoa. Segundo o jornal Paraíba Já, as mulheres estavam numa bicicleta de passeio mostrando os seios e a genitália para homens que tiveram os rostos exibidos na filmagem. Elas também correram pela pista de cooper tirando as roupas, de acordo com a publicação.

O caso deve ser apurado pela vara criminal. A promotora Cláudia Cabral estipulou um prazo de 15 dias para que a Polícia Civil investigue o ocorrido e encaminhe o caso a uma das varas de João Pessoa.

Segundo o influenciador, o vídeo é parte de um reality show. "Arthur Urso está comprometido em prestar todos os esclarecimentos necessários sobre o ocorrido na tarde desta terça-feira, 9 de abril, às 14h00, conforme solicitado pelo Ministério Público da Paraíba. Todos os questionamentos das autoridades competentes serão prontamente atendidos para assegurar total transparência e cooperação no processo de investigação", diz a assessoria de Arthur.

A Polícia Civil foi procurada para mais detalhes sobre a investigação. Este texto será atualizado quando houver resposta.

Deixe seu comentário

Só para assinantes