'Renascer': quem mandou Damião matar Zé Inocêncio?

Em "Renascer", Damião (Xamã) chegou à fazenda Jequitibá com um objetivo: matar José Inocêncio (Marcos Palmeira). Ele chegou de mansinho, mas logo conquistou a atenção de João Pedro (Juan Paiva), um dos filhos do coronel.

Mas, afinal, quem contratou Damião para mater Zé Inocêncio? O coronel Egídio (Vladimir Brichta), antigo rival do rei do cacau. O personagem de Brichta é filho do coronel Firmino, que morreu em uma emboscada. Na segunda fase, ele atormenta a vida de Inocêncio e tenta roubar suas terras, incluindo tocaias para matá-lo.

José Inocêncio (Marcos Palmeira) em "Renascer"
José Inocêncio (Marcos Palmeira) em "Renascer" Imagem: Reprodução/Globo

Damião consegue matar José Inocêncio?

No capítulo de hoje, o produtor de cacau m anda João Pedro se livrar de Damião e demiti-lo, mas o rapaz enfrenta o pai e contrata o pistoleiro para cuidar de suas terras. Ainda hoje, o personagem de Xamã demonstra interesse por Ritinha.

Com o tempo, Damião acaba mudando de ideia e desiste de assassinar o produtor de cacau. Ele se sente acolhido pela família de Zé Inocêncio e pelos demais funcionários.

Em cenas que vão ao ar ainda nesta semana, Damião e Ritinha se beijam. A filha de Inácia (Edvana Carvalho) confessa a Morena que ficou bastante mexida com a chegada do rapaz misterioso à fazenda.

No entanto, em capítulos futuros, Damião vai se apaixonar por outra mulher e viverá um romance tórrido. Ele perderá o rumo quando Eliana (Sophie Charlotte) chegar à fazenda. Ela, que já será ex-mulher de José Venâncio (Rodrigo Simas), vai ter cenas quentes com o funcionário do ex-sogro.

Continua após a publicidade

"Sensual e solitário"

[Fazemos as cenas mais quentes] sempre com profissionalismo e respeito. A gente tem uma equipe incrível ao nosso redor, dando todo suporte não só em cenas intensas assim, mas nas de emoção, em cenas que tenho que demonstrar muito de mim, tirar alguma coisa de lá de dentro. Esse turbilhão de emoções é um pouco de Damião. Sensualidade, solidão, um pouco de poesia.
Xamã a Splash

Deixe seu comentário

Só para assinantes