Conteúdo publicado há 5 meses

Padre Júlio Lancellotti é referência para ator em 'Renascer': 'Consciência'

O Padre Júlio Lancellotti é uma das referências do ator Chico Diaz, que viverá Padre Santo no remake de Renascer (Globo). Trama estreia no dia 22.

O que aconteceu

O ator revelou quais autores e personalidades religiosas têm lido para se preparar para a trama, entre eles Dom Helder Câmara e o contemporâneo Padre Júlio Lancellotti. "Em busca desse caminho de consciência coletiva e mística, da compaixão, da misericórdia."

Em papo com a imprensa, o ator revelou que estudou em colégios religiosos até os 14 anos e disse que essa vivência na infância e adolescência contribui para a realização do papel hoje. "Viver o Padre Santo tem sido uma oportunidade ímpar de reviver esse universo místico, que a mim muito me interessa. Discutir a palavra, o caminho e o reino de Deus, e também tonar nitida a importancia que esse universo tem no Brasil."

Para ele, o brasileiro tem uma relação próxima com a religião, "vide as discussões políticas dos últimos anos". "Como intérprete, é importante ser ferramenta de uma leitura nova, através de Bruno [Luperi], de Gustavo [Férnadez] e da Rede Globo, num país grande como o nosso, sobre esse universo místico e transcendente."

Na história de Benedito Ruy Barbosa, Padre Santo é testemunha da trajetória de José Inocêncio e do amor do coronelzinho e de Maria Santa (Duda Santos). Bom conselheiro, erudito e mestre na arte da diplomacia, Santo está sempre presente e envolvido com os moradores da região. O sacerdote também estabelecerá uma grande amizade com o jovem Pastor Lívio. Juntos, eles caminharão lado a lado, ajudando toda a gente da região, e lutando por melhores condições para os trabalhadores e assentados.

O remake de "Renascer" é adaptado por Bruno Luperi, neto de Benedito, e estreia no dia 22 de janeiro, na faixa das 9 da Globo. A direção artística é de Gustavo Fernández.

Deixe seu comentário

Só para assinantes