Conteúdo publicado há 2 meses

Zilu defende Igor Camargo em treta com Graciele; entenda o que rolou

Zilu Godói usou as redes sociais para elogiar uma atitude de seu filho, Igor Camargo, na treta entre a esposa dele, Amabylle Eiroa, e Graciele Lacerda.

O que aconteceu

Ontem, Igor postou um vídeo defendendo Amabylle. A esposa dele foi proibida judicialmente de falar sobre o caso, e ele criticou o fato de Graciele esperar a proibição para dar sua versão no Domingo Espetacular. "Se a Amabylle falar sobre o assunto ou citar o nome da Graciele, ela pode sofrer uma prisão preventiva. A Graciele esperou a decisão sair para ir à TV, só porque a Amabylle não pode se defender. É uma covardia", disse Igor.

Zilu compartilhou o vídeo de Igor e disse sentir orgulho do filho. "Que orgulho de você meu filho, com sua atitude de HOMEM. Te AMO", elogiou ela no Instagram.

Como começou a treta

O caso teve início em 20 de outubro, após Amabylle fazer uma postagem dizendo que uma pessoa de seu convívio diário criou um perfil falso para difamá-la. Além dela, o perfil também postava comentários sobre Zilu e Wanessa — em uma das publicações, o fake acusava Wanessa de trair o ex-marido com Dado Dolabella.

Amabylle afirmou que Graciele tentou distorcer o caso: "Tentei resolver internamente. Entretanto, a pessoa envolvida, mais uma vez, recorreu à manipulação e persuadiu terceiros a crerem que o perfil falso não lhe pertencia, deixando subentendido que o perfil poderia ser meu. Além disso, utiliza-se do seu perfil oficial com mensagens subliminares e indiretas para tentar manipular a verdade sobre vários fatos."

No dia 29, Amabylle postou um documento que supostamente comprovaria que Graciele é dona do fake. Segundo a imagem postada pela arquiteta, o perfil é administrado por um email com o nome de Graciele.

Continua após a publicidade

Em 2 de novembro, após o jornalista Leo Dias dizer ter provas de que Graciele é a responsável pelo perfil fake, ela reafirmou inocência. "Se eu tivesse feito, admitiria com certeza. Mas o problema é que eu não fiz. Mas isso está sendo buscado. O que fizeram foi aproveitar uma situação que já sabiam e fazer maldades. Mas isso não vai pra frente."

Ontem, ela assumiu que criou o perfil, mas disse não ter controle sobre o que era postado. "Ele era usado como uma forma de estratégia: para elogiar e defender os meus trabalhos. [...] Eu não tinha controle do que era feito ou falado. Nunca pensei que algo assim pudesse acontecer."

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes