Conteúdo publicado há 2 meses

Filho de Zezé defende esposa após Graciele Lacerda assumir perfil fake

Igor Godoi Camargo, 29, foi às redes sociais para defender a esposa, Amabylle Eiroa, 28, após Graciele Lacerda, 43, assumir no Domingo Espetacular (Record) que é a dona do perfil falso que atacou a família Camargo na internet.

No início deste mês, Graciele venceu Amabylle na Justiça: a jovem apagou todas as postagens relacionadas ao assunto que citavam a influenciadora e foi proibida de falar sobre o tópico futuramente.

Em um vídeo publicado no Instagram, o filho de Zezé Di Camargo, 61, afirmou que foi à público para defender a esposa — que não pode se pronunciar. "Se a Amabylle falar sobre o assunto ou citar o nome da Graciele, ela pode sofrer uma prisão preventiva. A Graciele esperou a decisão sair para ir à TV, só porque a Amabylle não pode se defender. É uma covardia."

O DJ disse que a esposa não teve má fé ao trazer o caso do perfil fake à tona. "A gente tentou resolver isso internamente desde junho deste ano, mas não conseguimos. No começo, a Graciele negou sequer ter conhecimento do perfil fake. Depois ela falou que tinha conhecimento, mas não usava mais. Agora a história é que todo mundo conhecia."

Se não foi você, me traz o nome de quem foi. Não vem com essa mentira de que a Amabylle e a mãe tinham acesso às suas coisas, porque é mentira. Se não foi você, foi alguém da sua equipe na época. Eu quero nomes, falaram da minha família. A gente pode unir forças, também é a sua família. Mas a sua tática não é essa: é vir com um processo criminal para cima da Amabylle e falar publicamente depois que ela não pode se pronunciar [pela decisão judicial]. Igor Camargo

O rapaz ainda ressaltou que o fato de Graciele ter perdido contratos não foi culpa de Amabylle. "Ela não tem a ver com o fake. [...] Já ouvi falar que você não era satisfeita com a marca de shampoo [com quem tinha contrato] — inclusive disse que trocava o shampoo de frasco porque não funcionava. Até onde a Amabylle é culpada por isso, se tinha problemas antes?"

Continua após a publicidade

Entenda

O caso teve início em 20 de outubro, após Amabylle fazer uma postagem dizendo que uma pessoa de seu convívio diário criou um perfil falso para difamá-la. Segundo fãs da arquiteta, tratava-se de Graciele Lacerda.

Amabylle afirmou que Graciele tentou distorcer o caso: "Tentei resolver internamente. Entretanto, a pessoa envolvida, mais uma vez, recorreu à manipulação e persuadiu terceiros a crerem que o perfil falso não lhe pertencia, deixando subentendido que o perfil poderia ser meu. Além disso, utiliza-se do seu perfil oficial com mensagens subliminares e indiretas para tentar manipular a verdade sobre vários fatos."

No dia 29, Amabylle postou um documento que supostamente comprovaria que Graciele é dona do fake. Segundo a imagem postada pela arquiteta, o perfil é administrado por um email com o nome de Graciele.

Em 2 de novembro, após o jornalista Leo Dias dizer ter provas de que Graciele é a responsável pelo perfil fake, ela reafirmou inocência. "Se eu tivesse feito, admitiria com certeza. Mas o problema é que eu não fiz. Mas isso está sendo buscado. O que fizeram foi aproveitar uma situação que já sabiam e fazer maldades. Mas isso não vai pra frente."

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora