Conteúdo publicado há 2 meses

Carolina Dieckmann diz que não sabia que precisaria raspar cabeça na Globo

Carolina Dieckmann, 45, disse que não foi avisada pela direção da Globo que precisaria raspar a cabeça para a novela Laços de Família (2000). As declarações foram em entrevista ao podcast Pod Pah.

O que aconteceu

A atriz contou que foi pega de surpresa sobre ter que retirar as madeixas para a personagem Camila, que na trama escrita por Manoel Carlos sofria com leucemia. Durante o tratamento da doença, a personagem é submetida a quimioterapia e perde os fios.

"A novela foi [se] construindo, mas todo já sabia [que precisaria raspar a cabeça], menos eu", iniciou. Dieckmann explicou que estranhou quando passou a ver fotos dela com a cabeça raspada, e foi quando questionou o diretor da trama, Ricardo Waddington e ele disse que seria necessário para evitar passar horas diariamente na maquiagem.

"Aconteceram umas coisas muito loucas, que começaram a fazer umas montagens minha careca, para botar em revista de novela. Eu passava, via uma foto minha careca, falava 'por que eles estão me botando careca, que coisa louca'. E aí um dia eu perguntei para o diretor 'por que estão fazendo tanta montagem minha com a cabeça raspada?', ele [falou] 'porque você vai raspar a cabeça'. Eu [disse] 'vou?', ele 'é [ou raspa] ou vai ter que ficar todo dia horas na maquiagem'", falou.

Carolina Dieckmann também contou que, durante a gravação da cena, eles não imaginavam que fosse se tornar um clássico da TV brasileira. "Não sabia tudo que ia acontecer por causa da cena, então não era uma coisa de casa pensando. Veio a cena e eu fiz. Não tinha esse tom de fazer uma cena ontológica, diferente, marcante, era simplesmente fazer uma cena forte".

Para se emocionar e não rir durante a gravação, que foi feita em tomada única, a atriz disse que o diretor colocou a música da personagem na novela, "Love by Grace", interpretada pela Lara Fabian.

"Achava fod* fazer essa novela, essa campanha, aos 20 anos fazer uma personagem forte, que foi escrita pra mim, milhões de coisas passavam pela minha cabeça, mas isso [o impacto] não imaginava. O que aconteceu ali foi muito verdadeiro", completou.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes