Ana Hickmann diz que 'agressão' foi gota d'água para denúncia contra ex

Ana Hickmann, 42, contou que o episódio de agressão física foi a "gota d'água" para denunciar o ex-marido, o empresário Alexandre Correa, à Polícia Civil.

O que aconteceu

A apresentadora defendeu que o primeiro passo para demonstrar mais segurança é denunciar uma relação abusiva. "Eu demorei muito para ter essa coragem. Por inúmeros motivos, que eu ainda quero abrir meu coração", disse a famosa, em conversa com os seguidores, no Instagram.

Ela contou que ainda está muito triste e com o coração totalmente partido. "É muito difícil a gente enfrentar tantos problemas, tantos desafios. Uma avalanche de sentimentos. Eu, nesse momento, apesar de toda a tristeza, de toda a dor, eu não tenho o direito de parar para chorar. Quem é mãe vai me entender. A gente pode estar um caco por dentro, mas aqui fora, pelos nossos filhos, a gente sempre vai estar bem, vai estar forte."

Medida protetiva

Ana comentou oficialmente sobre declarações de Enio Martins Murad, advogado do ex-marido, Alexandre Correa. Empresário teria feito um pedido de revogação de medidas protetivas", segundo divulgou o Estadão.

A equipe da apresentadora afirmou que o ex-marido tem adotado uma "abordagem sensacionalista" ao se posicionar oficialmente sobre o tema.

A defesa do empresário tenta "ignorar" e "menosprezar" medida protetiva em favor da apresentadora, diz o comunicado. "É crucial reiterar que esta medida está plenamente válida e em vigor."

Alexandre Correa solicitou que sejam "revogadas as medidas protetivas que restringem o direito do requerente de manter contato pessoal e direito, sem qualquer vigilância ou supervisão com o filho, bem como de frequentar suas empresas".

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes