Conteúdo publicado há 2 meses

Harry não deve voltar à família real após escândalo de racismo, diz site

O príncipe Harry foi aconselhado a "aceitar e largar" os planos de voltar à família real após o escândalo racista. Segundo o Mirror, uma especialista indicou que seria melhor o duque de Sussex se afastar enquanto um livro intensifica a polêmica.

O que aconteceu

Havia uma possibilidade de reconciliação entre Harry e Meghan Markle e a família real depois do aniversário do rei Charles 3º, conforme divulgou o jornal.

No entanto, com o lançamento do livro "Endgame", de Omid Scobie, a ideia de se reaproximar foi colocada de lado. A tradução holandesa da obra indicou que Kate Middleton e o rei Charles supostamente teriam mostrado uma preocupação quanto à cor da pele do filho do casal de Sussex.

Em entrevista ao Mirror, a estrategista de relações públicas Laura Perkes pontuou: "Em qualquer tipo de rivalidade ou rompimento de relação, chega um ponto em que você tem que aceitar o fato de que o que você quer pode nunca se tornar realidade".

A especialista acrescentou: "Parece que Harry finalmente aceitou que lutar pelo que ele quer não o deixa mais perto de uma resolução, então precisa deixar isso de lado e aprender a seguir em frente. O tempo é um ótimo curador [de feridas], pode ser que ele precise deixar a poeira baixar e se concentrar em outros aspectos de sua vida. Com o tempo, a reconciliação pode acontecer, quando as partes envolvidas estiverem prontas para isso".

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes