Conteúdo publicado há 3 meses

Flávio Dino libera a entrada de água em shows após morte de fã de Taylor

O ministro da Justiça, Flávio Dino, determinou neste sábado (18) a permissão da entrada de garrafas de água em shows. Procurada, a T4F, responsável pela organização das apresentações de Taylor Swift no Brasil, liberou a entrada de garrafas plásticas e diz que pontos de distribuição gratuita de água estarão à disposição do público durante o evento.

"Diante da previsão de aumento da onda de calor na cidade do Rio de Janeiro, informamos que estamos reforçando o plano de ação especial realizado para o primeiro dia de show, especialmente o fornecimento de água gratuita nas filas e em todos os acessos e entradas ao estádio e no seu interior. Desta forma, novos pontos de distribuição gratuita de água estarão à disposição do público durante o evento", diz nota da T4F.

"Garrafas plásticas flexíveis também serão autorizadas no acesso. É vedado qualquer outro material como metal, alumínio e garrafas térmicas", complementa.

Flávio Dino usou as redes sociais para falar sobre o assunto na tarde deste sábado (18).

As empresas produtoras de espetáculos com alta exposição ao calor deverão disponibilizar água potável gratuita em 'ilhas de hidratação' de fácil acesso. A medida vale imediatamente. A Portaria será editada em, no máximo, 1 hora. Será postada aqui para conhecimento dos detalhes. Flávio Dino, no X (antigo Twitter)

Continua após a publicidade

O secretário Nacional do Consumidor, Wadih Damous, também determinou que a produtora T4F, responsável pelos shows de Taylor Swift no Brasil, assegure o acesso à água em todos os shows da cantora no país. "De imediato estamos determinando que a produtora T4F assegure o acesso à água em todos os shows da cantora Taylor Swift no Brasil. É uma insanidade negar água a milhares de pessoas num calor em que a sensação térmica chegue a 60ºC!"

Mais cedo, Flávio Dino havia se manifestado para informar que ordenou uma investigação pela falta de água no show de Taylor Swift após os episódios de desmaios e até uma morte no evento realizado ontem, no Engenhão. O ministro classificou como "inaceitável que pessoas sofram, desmaiem e até morram por falta de água em shows".

Orientei o Secretário Nacional do Consumidor do Ministério da Justiça, Wadih Damous, a adotar as providências cabíveis - AINDA HOJE - quanto às denúncias de vedação ou ausência de disponibilidade de ÁGUA para os consumidores que foram ou irão a shows durante essa imensa onda de calor que o Brasil atravessa", iniciou ele. O Código de Defesa do Consumidor exige que os serviços sejam seguros e adequados à SAÚDE. É inaceitável que pessoas sofram, desmaiem e até morram por falta de acesso à água. Flávio Dino

O Ministro da Justiça ainda declarou que irá acionar o Sistema Nacional do Consumidor para apurar quem são os responsáveis pelos episódios ocorridos no show de Taylor no Rio de Janeiro. "A Secretaria do Consumidor do Ministério da Justiça vai adotar as medidas imediatas, com a edição de normas emergenciais e notificações, ainda hoje, acerca de acesso à água em shows e outros espetáculos públicos. E também vai adotar as medidas relativas às responsabilidades pelos danos já causados, em diálogo com os demais órgãos do Sistema Nacional do Consumidor."

Continua após a publicidade

Morte

A estudante de psicologia Ana Clara Benevides, de 23 anos, morreu após passar mal antes do show de Taylor Swift no Rio de Janeiro, na noite desta sexta-feira (17). A causa da morte de Ana Clara Benevides foi uma parada cardiorrespiratória. A estudante morreu após ser levada para Hospital Municipal Salgado Filho.

A paciente Ana Benevides chegou ao Hospital Municipal Salgado Filho, às 20h50, em parada cardiorrespiratória. Foram feitas manobras de reanimação, mas, infelizmente, ela não resistiu. O evento era privado com assistência médica contratada pelos organizadores. Hospital Municipal Salgado Filho, em nota

Em contato com Splash, Weiny Machado, pai da jovem, afirmou que pode ter havido, sim, negligência de alguma parte na morte de sua filha, a estudante de psicologia Ana Clara Benevides, 23, que passou mal, segundo amigos, por causa forte calor no primeiro dia do show de Taylor Swift no Rio de Janeiro.

Continua após a publicidade

Nada vai trazer minha filha de volta. O que eu posso dizer é que teve negligência em alguma parte. Não sei se foi por causa da falta de água que provocou vários desmaios. Não sei se pela proibição de entrar com água e faltou. Agora estou indo para Rio de Janeiro para trazer o corpo da minha filha. Weiny Machado

T4F, organizadora da turnê de Taylor Swift no Brasil, emitiu nota lamentando o episódio. "É com muita tristeza que informamos o falecimento de Ana Clara Benevides Machado, 23 anos. Na noite de ontem, Ana Clara se sentiu mal e foi prontamente atendida pela equipe de brigadistas e paramédicos, sendo encaminhada ao posto médico do Estádio Nilton Santos para o protocolo de primeiros socorros. Diante do quadro, a equipe médica optou pela transferência ao Hospital Salgado Filho, onde, após quase uma hora de atendimento emergencial, infelizmente veio a óbito. Aos familiares e amigos de Ana Clara Benevides Machado nossos sinceros sentimentos."

Amigo de Ana Benevides, Thiago Fernandes lamentou o triste episódio nas redes sociais. "Não consigo aceitar isso. Conversamos sobre esse show tantas vezes, e como eu queria estar contigo. Estou tão triste que eu não sei o que fazer."

"Coração partido"

Poucas horas após o fim de sua primeira noite de show no Brasil, Taylor Swift tomou conhecimento da morte da fã e usou as redes sociais para dizer que estava "devastada" com a notícia.

Continua após a publicidade

Não acredito que estou escrevendo essas palavras, mas é com o coração partido que digo que perdemos um fã no começo desta noite, antes do meu show. Eu nem posso dizer o quão devastada estou por isso. Tenho pouca informação além do fato de que ela era incrivelmente linda e jovem demais. Taylor Swift

A artista norte-americana disse que não conseguirá mencionar o episódio nos próximos shows pela tristeza por jamais ter imaginado a tragédia após voltar ao Brasil

"Não vou conseguir falar sobre isso no palco porque me sinto dominada pela tristeza quando tento falar sobre isso. Quero dizer que sinto profundamente essa perda e que meu coração partido está com sua família e amigos. Essa foi a última coisa que pensei que aconteceria quando decidimos trazer essa turnê para o Brasil", finalizou.

Taylor Swift voltará a subir no palco do Engenhão para novo show ao público do Rio de Janeiro nos dias 18 e 19 de novembro. Ela também trará o "The Eras Tour" para São Paulo, no Allianz Parque, nos dias 24, 25 e 26 de novembro.

Taylor Swift publicou mensagem para lamentar morte de fã em seu show
Taylor Swift publicou mensagem para lamentar morte de fã em seu show Imagem: Reprodução/Instagram

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes