Conteúdo publicado há 4 meses

Anne Lottermann sobre morte do marido: 'Agora consigo falar sem chorar'

Anne Lottermann, 40, desabafou sobre a morte do marido, o publicitário Flávio Machado, há seis anos. A jornalista afirmou que, agora, consegue falar sem chorar.

Em um vídeo publicado no Instagram, a jornalista relembrou a morte do marido, que morreu em outubro de 2017, aos 41, em decorrência de um câncer raro no peritônio.

"Hoje faz seis anos que o Flavoca desencarnou. Nós fomos casados 12 anos, tivemos dois filhos, o Léo e o Gael. Por que que só agora eu consigo falar sobre isso? Porque agora eu consigo falar sem chorar. E por que que eu quero falar sobre isso com você? Porque você pode estar passando por um processo de luto e estar com aquele vazio gigante dentro de você, sem saber direito como olhar para essa dor", começou ela.

Em seguida, ela aproveitou para deixar um conselho aos seus seguidores. "Mas deixa eu te falar uma coisa. Primeiro: essa dor, esse buraco não vai sumir, ele não vai desaparecer da sua vida. E você vai ter que conviver com ele para o resto da sua vida. Mas o que é legal, e com o tempo você vai perceber, é que tudo que está vivendo, e precisa viver, tudo que está em volta daquele buraco se transforma em algo tão grande que vai percebendo com o tempo que tudo aquilo ali que está em volta do buraco faz a vida valer a pena, faz a vida fazer sentido", destacou.

No vídeo, Anne deixou um recado final, pois, se alguém estiver passando por um processo de luto, o importante é viver. "Viva e se permita olhar de vez em quando para esse buraco. Mas não desista de viver com alegria, né, Leleco? E percebendo nos momentos simples da vida que e a vida vale a pena ser vivida sempre", concluiu.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes