Conteúdo publicado há 6 meses

Mingau há 1 mês na UTI: como estão o músico e as investigações do caso?

O músico Rinaldo Oliveira Amaral, 56, o Mingau do grupo Ultraje a Rigor, está internado na UTI há um mês, agora em estado estável. Ele foi baleado na cabeça no dia 2 de setembro, em Paraty (RJ), e segue no Hospital São Luiz do Itaim, da Rede D'Or, em São Paulo.

Como está Mingau?

O último boletim médico, divulgado nesta segunda-feira (2), informou que o artista está sem sedação e passa por tratamento para ajudar com a respiração.

"O paciente Rinaldo Amaral (Mingau) segue internado em Unidade de Terapia Intensiva. O paciente está sem sedação. Para auxílio na ventilação respiratória, foi iniciado revezamento de uso de cateter de alto fluxo acoplado a traqueostomia e _bipap_ (compressor que funciona 'imitando' a respiração padrão do paciente). O paciente vem recebendo suporte fisioterapêutico, e o quadro clínico é considerado estável", informou.

No total, ele realizou três cirurgias. A última, uma traqueostomia, no dia 11 de setembro.

Isabela Aglio, filha de Mingau, disse que "o pior já passou", mas pediu paciência aos fãs. "Ele está bem, cada dia se superando graças a Deus e a sua força. Apresenta melhoras e está melhor do que poderíamos imaginar. Mas temos que ter em mente que é um trauma grande, recente e neurológico. Então, a palavra é: PACIÊNCIA. Estou tendo que aprender isso na marra. O processo é lento mesmo, então não esperem super novidades a todo tempo".

Como estão as investigações?

Carro de Mingau ficou destruído após ataque a tiros em Paraty, no Rio de Janeiro
Carro de Mingau ficou destruído após ataque a tiros em Paraty, no Rio de Janeiro Imagem: Reprodução: TV Globo

A Polícia Militar do Rio de Janeiro já prendeu três suspeitos de envolvimento no tiroteio. João Vitor da Silva, conhecido como Relíquia, está preso desde o dia 3 de setembro. No último dia 15, Ray Limeira Belchior, 19, foi detido. Na terça-feira (26), Lorran Nascimento Moraes, 21, também foi preso.

Mais duas pessoas estão sendo procuradas: Pablo Willian da Silva Mostarda, 28, e Hiago Lourenço da Silva, de 22. Na quarta-feira (27), o Disque Denúncia divulgou um cartaz para localizar os suspeitos, que já são considerados foragidos.

Continua após a publicidade
Polícia Civil divulgou cartaz a procura de envolvidos em ataque a tiros a Mingau em Paraty
Polícia Civil divulgou cartaz a procura de envolvidos em ataque a tiros a Mingau em Paraty Imagem: Divulgação/Polícia Civil

Outras pessoas associadas ao tráfico de drogas podem ter participado do crime por estarem no local no momento dos disparos.

Os procurados não foram mais vistos em Paraty (RJ), mas ainda não se sabe se deixaram o estado do Rio de Janeiro.

A Polícia Militar e a Polícia Civil estão trabalhando na investigação e buscam testemunhas, informações e imagens.

O que aconteceu?

O músico foi baleado na cabeça em Paraty (RJ), no dia 3, e recebeu os primeiros atendimentos no Hospital Hugo Miranda.

Continua após a publicidade

Horas depois, foi transferido para a capital paulista e submetido à primeira cirurgia, um procedimento intracraniano de emergência.

Segundo a investigação, Mingau passou com velocidade pela Praça do Ovo, na comunidade Ilha das Cobras, em uma picape escura com película nos vidros. Isso levantou suspeita dos traficantes que atuam na região, que dispararam contra o carro.

Deixe seu comentário

Só para assinantes