Conteúdo publicado há 5 meses

Letícia Sabatella diz ter descoberto que tem autismo de grau leve

Letícia Sabatella, 52, disse ter sido diagnosticada com um grau leve do TEA (transtorno do espectro autista), na categoria daqueles que têm Síndrome de Asperger.

A atriz abordou o assunto no podcast Papagaio Falante. Ao falar sobre sua sensibilidade, Sabatella destacou que, embora o diagnóstico seja recente para falar sobre o assunto, e não tenha estudado o suficiente para compreendê-lo, ela contou que, com a ajuda de uma psiquiatra e neurologista, descobriu que tem TEA.

"Ainda é uma coisa que é uma antecipação eu falar, porque não estudei o suficiente para falar sobre isso, mas já sei que é, descobri com investigação de uma psiquiatra e neurologista, que eu tô dentro do transtorno do espectro autista, num grau leve, que é chamado de Asperger, que é ativa e passiva ao mesmo tempo. E o fato de eu escolher o teatro, escolher a arte, foi meu mecanismo para de algum modo superar ou acomodar essa realidade, esse modo de ver as coisas, que traz muita hipersensibilidade, uma ingenuidade", declarou.

Em outro momento do podcast, Letícia Sabatella também contou que no começo de sua carreira foi beijada à força por um ator durante uma cena. Segundo explicou, sem combinar ou pedir autorização, o artista a beijou e ela ficou constrangida e sem reação.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes