PUBLICIDADE
Topo

Criadora de 'Friends' assume culpa por falta de diversidade e doa R$ 20 mi

Elenco de "Friends" com diretor, Ben Winston - Instagram/@_schwim_
Elenco de 'Friends' com diretor, Ben Winston Imagem: Instagram/@_schwim_

Colaboração para Splash, em Maceió

30/06/2022 14h56

Marta Kauffman, uma das criadoras da aclamada sitcom "Friends", admitiu erro pela falta de diversidade e de representatividade da trama que foi ao ar entre 1994 e 2004, pediu desculpas e anunciou a doação de US$ 4 milhões (R$ 20 milhões na atual cotação) para o Departamento de Estudos Afro-Americanos da Brandeis University.

Em entrevista ao Los Angeles Times, Kauffman destacou que aprendeu muito nas duas últimas décadas. Segundo contou, "aceitar e assumir sua culpa não é fácil", mas, sim, algo "doloroso de se encarar no espelho".

A criadora afirmou que atualmente fica "constrangida por não ter sido mais sábia há 25 anos", mas concluiu que "precisava agir", após compreender como acabou "internalizando o racismo sistêmico".

"Tenho trabalhado pesado para me tornar uma aliada, uma anti-racista. E essa me pareceu a melhor forma de participar das conversas sendo uma mulher branca", declarou sobre a doação milionária.

No ano passado, ao falar sobre a falta de representatividade na sitcom, Marta Kauffman atribuiu a ausência de personagens negros devido ao fato de a trama ser "um produto de seu tempo", mas, também à sua "própria ignorância".

Com 10 temporadas exibidas entre 1994 e 2004, "Friends" tinha como protagonistas Jennifer Aniston, Courtney Cox, Matthew Perry, David Schwimmer, Lisa Kudrow e Matt LeBlanc.

A produção é centrada na rotina de seis amigos brancos e heterossexuais que moram em Nova York, "Friends" se popularizou como uma das produções mais aclamados da história da TV, sucesso de audiência ainda hoje.