PUBLICIDADE
Topo

Zezé lamenta morte de Breno Silveira: 'Se tornou um filho de Francisco'

Breno Silveira com Zezé Di Camargo no teatro Cetip, em São Paulo, em 2017 - Marcus Leoni/Folhapress
Breno Silveira com Zezé Di Camargo no teatro Cetip, em São Paulo, em 2017 Imagem: Marcus Leoni/Folhapress

De Splash, em São Paulo

15/05/2022 07h32

Zezé Di Camargo falou sobre a morte do diretor Breno Silveira, responsável por levar ao cinema e ao teatro a história da família dele em "2 Filhos de Francisco".

"Eu tenho certeza absoluta que você também se tornou um filho de Francisco", escreveu o cantor sertanejo na despedida, lamentando a perda "tão prematura e dolorosa". O diretor morreu ontem em um set de filmagem, aos 58 anos.

"A nossa história contou com a sua brilhante participação, a qual carrego comigo, com muito orgulho e carinho", continuou Zezé, para depois confessar que até faltavam palavras diante de enorme perda.

Luciano Camargo também se pronunciou sobre a morte de Breno Silveira e fez uma homenagem ao diretor. "Ter o sonho do seu pai, sua história e da sua família, sob a ótica de um gênio, registrando com maestria cada fase de nossas vidas, com emoções e ações. Esse gênio hoje partiu."

Para a homenagem, Luciano escolheu uma foto em que está ele, Breno Silveira e Dona Helena, mãe da dupla e viúva de Francisco.

"2 Filhos de Francisco", de 2005, foi o primeiro longa-metragem dirigido por Breno Silveira. O filme que retrata a história da dupla Zezé Di Camargo e Luciano sob a ótica do pai deles foi a maior bilheteria nacional daquele ano, marcando a carreira do diretor. Mais tarde, em 2017, ele foi convidado pela própria dupla para dirigir também o musical homônimo, marcando sua estreia no teatro.

Dáblio Moreira, ator que interpretou Zezé Di Camargo criança em "2 Filhos de Francisco", lembrou-se da generosidade do diretor na época das filmagens.

"Obrigado por tudo que fez por nós durante as filmagens, e fora das locações também. Sempre que sua família estava visitando Pirenópolis (GO), nos buscava para sairmos juntos, pizzaria, piscina, entre outros passeios", contou Dáblio, que hoje é cantor.