PUBLICIDADE
Topo

'OtaLab': 5 curiosidades sobre Vitor DiCastro, do canal 'Deboche Astral'

Colaboração para Splash, do Rio

23/11/2021 04h00

O convidado do "OtaLab" especial de hoje é o ator e influenciador digital Vitor Di Castro. Ele é criador do canal Deboche Astral, no YouTube, que já reúne mais de 1,6 milhão de assinantes e fala de "humor, signos, astrologia e deboche, claro" — já viu qual vai ser o tom do papo com Otaviano Costa, não é?

E, se por alguma conjunção dos astros, você ainda não conhecia o Vitor, Splash te ajuda a saber um pouquinho mais sobre ele. O "OtaLab", ao vivo, começa às 19h.

Rir é o melhor remédio...

Vitor (que é canceriano) criou o "Deboche Astral" em 2017 para fazer rir sobre as manias e esquisitices nossas de cada dia (sempre ligadas aos signos) e também refletir sobre assuntos como preconceito e homofobia. O canal acaba de bater 200 milhões de visualizações e ele atualmente conta com uma equipe de 10 pessoas para ajudá-lo em suas criações.

Mesmo na Pandemia

Durante o isolamento, Vitor teve que adiar planos de lançar uma websérie (sobre astrologia, claro). Mas não parou de trabalhar: entre outros conteúdos, criou uma série em que imaginava os signos de personagens de TV e gravou o programa "Jornada Astral", com Angélica, para o HBO Max (que ainda não estreou).

Ele quebra o tabu

Até 2019, Vitor DiCastro era editor de videos do canal "Quebrando o Tabu". A experiência o ajudou a entender que ele pode usar seu poder de comunicação para defender direitos das minorias e contar suas experiências de vida.

Ele milita pelos LGBTQIA+

Vitor vem de uma família que não respeitava sua orientação sexual. Durante muito tempo, ele foi reprimido. Hoje, aproveita a visibilidade que tem para contar sua experiência e falar sobre diversidade sexual, para evitar que outras pessoas sofram o que ele sofreu. Suas roupas, cabelos e unhas refletem seu ativismo.

Ele não é astrólogo

A formação de Vitor é Artes Cênicas. Apesar de estudar e ser um entusiasta da astrologia, ele conta com a assessoria de uma astróloga para construir os roteiros dos vídeos com o máximo de credibilidade possível. Deboche, sim, mas com embasamento!

O "OtaLab", o programa de internet que parece TV, pode ser acompanhado pelos canais do Splash no YouTube, Twitter e Facebook. Você pode assistir a toda a programação do Canal UOL aqui.