PUBLICIDADE
Topo

'Dexter' retorna com nova temporada: saiba o que esperar e onde assistir

Michael C. Hall como Dexter Morgan em 'Dexter: New Blood'
Michael C. Hall como Dexter Morgan em 'Dexter: New Blood'
Showtime/Divulgação

Laysa Zanetti

De Splash, em São Paulo

25/09/2021 04h00

Ele está de volta. Após aparecer em incontáveis listas de piores finais de séries de TV, o analista forense e serial killer Dexter Morgan (Michael C. Hall) volta para as telinhas em novembro na Paramount+. Será que precisava?

Segundo o próprio protagonista, a promessa é de acalmar a fúria dos fãs que ficaram inconformados com o que aconteceu na oitava temporada da série. Mas a intenção não é de refazer o final. Todos seguiram em frente.

Continua depois da publicidade

Por isso, "Dexter: New Blood" é uma minissérie, e não uma temporada 9 da série principal. Encontramos o protagonista vivendo na fictícia cidade de Iron Lake, Nova York, trabalhando como representante de vendas e atendendo por Jim Lindsay, um nome que faz referência ao autor dos livros, Jeff Lindsay

Assista ao trailer

Então, esqueça a ensolarada Miami. Na história, que se passa em duas semanas em dezembro, Dexter/Jim leva uma vida pacata, namora uma chefe de polícia local e não se recorda da última vez em que foi incomodado pelo seu "passageiro sombrio", como era chamado aquele impulso que ele sentia de matar.

Mas tudo isso muda quando ele encontra Matt (Steve Robertson), um arruaceiro que é filho de um respeitado morador da cidade.

E aquela vontade que estava adormecida desperta novamente.

Continua depois da publicidade
Vamos ligar as câmeras novamente e descobrir onde ele está, o que está fazendo e que tipo de vida conseguiu criar para si mesmo.
Michael C. Hall, para a Entertainment Weekly

Além de Hall, quem também volta para "New Blood" é Jennifer Carpenter, a intérprete de Debra Morgan, que agora ocupa o lugar da "consciência" de Dexter. Antes, esse era o papel de Harry (James Remar), que ensinou para o filho o código que ele seguia para escolher suas vítimas.

O showrunner Clyde Phillips, responsável pelos novos episódios, explica que a função de Deb como superego de Dexter é diferente da que o pai de ambos exercia. Vale lembrar: o final da personagem foi amplamente criticado pelos fãs em 2013, com seu corpo atirado nas raivosas águas de Miami pelo irmão.

Divulgação - Divulgação
Dexter (Michael C. Hall) e Debra (Jennifer Carpenter) em cena da série
Imagem: Divulgação

Phillips foi o diretor geral de "Dexter" entre as temporadas 1 e 4. Quando ele resolveu deixar a atração, para passar mais tempo com a família, seguiu-se um desfile de showrunners que não conseguiram reprisar o exato tom que ele havia criado para a série.

Ou tirar do papel personagens tão bons.

Continua depois da publicidade

Por exemplo, foi na quarta temporada que "Dexter" apresentou Arthur Mitchell, o Trinity Killer (John Lithgow), até hoje mais lembrado que qualquer outro antagonista. Phillips, inclusive, não esconde que a série decaiu sem ele.

Reprodução - Reprodução
John Lithgow interpreta Arthur Mitchell, o 'Trinity Killer', na 4ª temporda de 'Dexter'
Imagem: Reprodução
A série era fraca, os personagens eram fracos. Muita cois acontece entre os produtores e a emissora, e eu não estava lá para saber mas, como público, a série se perdeu.
Phillps, para a EW.

Por isso, o presidente do canal Showtime, David Nevins, acreditava que não havia outra pessoa a não ser Phillips para reviver "Dexter". E, para Carpenter, retornar só seria válido se houvesse um propósito claro.

Eu achava que o único motivo para trazer a série de volta era para ver no que se transformou esse assassino sem medicação, sem punição e sem código.
Carpenter, para a Entertainment Weekly
Continua depois da publicidade
Showtime/Divulgação - Showtime/Divulgação
Jack Alcott e Michael C. Hall nos bastidores de 'Dexter: New Blood'
Imagem: Showtime/Divulgação

Quem não vai dar as caras é Hannah McKay (Yvonne Strahovski), mas o público vai reecontrar Harrison, filho de Dexter, agora um adolescente (Jack Alcott), e outras pessoas do passado do personagem também podem aparecer.

Quem será que vem aí?

Para ficar por dentro

Michael C. Hall recomendou quatro episódios essenciais para serem vistos antes do revival:

  • "Pilot": primeiro episódio da série

  • "Seeing Red": episódio 10 da primeira temporada

  • Go Your Own Way": episódio 10 da terceira temporada

  • "The Getaway": episódio 12 da quarta temporada