PUBLICIDADE
Topo

Da igreja ao rock, Di Ferrero conta bastidores: 'Loucura, droga pra cacete'

Colaboração para o UOL, em São Paulo

16/06/2021 11h30

Depois de Thiaguinho e Priscila Alcantara, Di Ferrero foi o convidado especial de Tiago Abravanel no "Sai da Caixa" desta semana. O vocalista do NX Zero contou detalhes do alter ego criado após a pausa da banda, revelou alguns detalhes do começo da carreira musical e os bastidores do início da banda vencedora do Grammy Latino de melhor álbum de rock brasileiro. O programa vai ao ar toda quarta-feira às 11h no Canal UOL.

"Só loucura, droga pra cacete"

Di contou para Abravanel que entrou para o NX aos 17 anos e que assumiu a responsabilidade da banda para si: "A galera estava chapando e eu já na responsa", disse ele relembrando que já tinha sentido o 'gostinho' de ser famoso, mesmo que no mundo religioso: "Eu já deixava de fazer algumas coisas, porque eu já... eu já tive um sucessinho na vida e eu queria viver aquilo".

No meio, na cena onde eu comecei era só loucão. Só loucura, droga pra cacete. Di Ferrero

di - Reinaldo Canato/UOL - Reinaldo Canato/UOL
Di Ferrero se apresenta no programa 'Sai da Caixa', de Tiago Abravanel
Imagem: Reinaldo Canato/UOL

Começando na igreja e dando de cara com tudo isso, Di contou para Abravanel que não se assustou com o 'novo mundo' que encontrou, até curtiu e se jogou, mas que via a diferença nos dois cenários: "Na igreja você cantava para Deus, lá os caras cantavam para pegar as minas, para ficar muito doido", comparou.

Em meio a tantas 'novidades', mais uma vez Di Ferrero se viu precisando encontrar a saída entre a razão e a emoção.

Eu lembro do primeiro festival, a gente entrou no camarim de uma banda, que eu não vou falar [o nome], colocaram um espelho na mesa e o cara pegou muito pó, cocaína, jogou e fez: 'vai lá todo mundo'. Eu lembro também de um cara, de uma banda: 'você não precisa ir' e os caras 'vai lá, cola lá Di, qual o problema? Di Ferrero

O que parecia bizarro, se tornou rotineiro na vida profissional dele: "Eu ficava ali, o tempo inteiro com todo mundo. Então era normal para mim conviver com isso", revelou.

Di - Reinaldo Canato/UOL - Reinaldo Canato/UOL
Di Ferrero participa do programa 'Sai da Caixa', com Tiago Abravanel
Imagem: Reinaldo Canato/UOL

Eterno moleque

Di Ferrero completou 36 anos agora no mês de junho, e se definiu para Abravanel como sendo "bem molecão em vários momentos". Talvez por ter começado a carreira bem cedo. Entre os 8 e os 12 anos de idade, Diego —- seu nome de batismo, fez parte da banda da igreja, onde fez diversos shows e até seguiu em turnê.

"Eu me lembro de cantar no Maracanãzinho para 15 mil pessoas, nos congressos", recordou o cantor que precisou renunciar ao projeto.

Eu tinha tudo, estava bombando com uma banda legal, estava fazendo shows e, de repente, meus pais saíram [da igreja] e eu perdi tudo. Eles saíram e eu fiquei sem nada. Fiquei meio revoltado na época. Di Ferrero

di - Reinaldo Canato/UOL - Reinaldo Canato/UOL
Di Ferrero participa do programa 'Sai da Caixa', com Tiago Abravanel
Imagem: Reinaldo Canato/UOL

E claro que as voltinhas que o mundo deu, o levaram novamente para a música: "Com 17 anos eu já estava com o NX", disse.

Chorão e Badauí

Depois de tantos detalhes dos bastidores revelados, Tiago Abravanel não poupou curiosidades e foi além, o apresentador quis saber se Di já havia se sentido corrompido em algum momento, quando ouviu os nomes de outros dois grandes roqueiros brasileiros.

Tiveram dois caras... Pensa, quando o NX bombou eu estava com 18, 19 anos e estourado, música mais tocada do país. Teve um cara que foi o Badauí, do CPM 22 que falou: 'Relaxa, fica na sua, manda se fud**' e o Chorão também: 'Não, tá louco?' Di Ferrero

"Eu vi muita molecada quebrando a cara", relembrou Di Ferreiro que afirmou nunca precisar provar nada para ninguém. "Tem gente que convive bem com isso, eu não tenho preconceito nenhum, mas enfim, tiveram esses anjos aí", finalizou.

di - Reinaldo Canato/UOL - Reinaldo Canato/UOL
Di Ferrero se apresenta no programa 'Sai da Caixa', de Tiago Abravanel
Imagem: Reinaldo Canato/UOL

"Sai da Caixa" toda quarta-feira, às 11h:

  • 2 de junho - Thiaguinho
  • 9 de junho - Priscilla Alcantara
  • 16 de junho - Di Ferrero
  • 23 de junho - Naiara Azevedo
  • 30 de junho - Negra Li
  • 7 de julho - Gloria Groove
  • 14 de julho - Dudu Nobre
  • 21 de julho - Wanessa Camargo
  • 28 de julho - Péricles
  • 04 de agosto - Supla

Você pode assistir a toda a programação do Canal UOL aqui.