PUBLICIDADE
Topo

A Máfia dos Tigres: Joe Exotic diz ter câncer e pede perdão presidencial

Joe Exotic, protagonista da série documental "A Máfia dos Tigres" - Reprodução/Netflix
Joe Exotic, protagonista da série documental "A Máfia dos Tigres" Imagem: Reprodução/Netflix

De Splash, em São Paulo

15/05/2021 11h14

Joe Exotic, que se tornou internacionalmente conhecido com o documentário "A Máfia dos Tigres", da Netflix, está preso —mas voltou a pedir um perdão oficial ao presidente americano Joe Biden, alegando estar com câncer.

De acordo com o site TMZ, Joe disse ter recebido exames que apontam chances de ele estar com câncer de próstata. John M. Phillips, seu advogado, contou à publicação que Joe fará exames na prisão, mas que o local tem limitações. No momento, ele tenta conseguir um novo julgamento para seu cliente.

Joe afirmou que está com vários problemas de saúde. "Eu perdi muito peso, minhas aftas estão descontroladas, eu vomito mais do que consigo comer. Não quero pena de ninguém, só quero, quando meu advogado conseguir as provas, que o mundo o ajude a fazer com que o presidente Biden, a vice-presidente Kamala Harris e o advogado geral o escutem".

Relembre o caso

Joe Exotic foi condenado a 22 anos de prisão em 2019, por acusações de crueldade aos animais e de conspiração de assassinato, em que ele teria contratado um assassino para matar a rival e ativista Caroline Baskin. Ele chegou a tentar receber um indulto presidencial durante a gestão de Donald Trump, sem sucesso.