PUBLICIDADE
Topo

Angelina Jolie teve que parar de dirigir filmes após divórcio de Brad Pitt

Angelina Jolie fala sobre novo filme e carreira após divórcio com Brad Pitt - Getty Images
Angelina Jolie fala sobre novo filme e carreira após divórcio com Brad Pitt Imagem: Getty Images

Colaboração para Splash, em São Paulo

21/04/2021 08h10Atualizada em 21/04/2021 12h24

Angelina Jolie teve que abandonar, ao menos temporariamente, uma parte de sua carreira após se divorciar de Brad Pitt, em 2016.

Em entrevista a Entertainment Weekly nesta terça (20), a atriz, produtora e diretora explicou por que decidiu não dirigir mais filmes por alguns anos.

Eu amo dirigir, mas eu tive uma mudança de cenário em minha família e isso não me permitiu dirigir por alguns anos. Eu precisei fazer trabalhos mais curtos para poder ter mais tempo em casa, então voltei a fazer mais trabalhos como atriz. Essa é a verdade por trás de tudo.

Em maio, ela volta aos cinemas dos EUA mais uma vez em frente às câmeras. No seu novo filme "Those Who Wish Me Dead", Angelina interpreta uma bombeira especializada em incêndios florestais.

Seu lado diretora, ainda que de lado neste momento, a ajudou a executar cenas difíceis, especialmente envolvendo incêndios. Ela garantiu à publicação que a experiência ainda lhe deu um respeito ainda maior pela equipe atrás das câmeras.

"De uma forma técnica, estou mais ciente das necessidades do diretor e das dificuldades que eles estão passando, de quantas peças estão se movendo", analisou.

"Quando se é jovem e se tem um dia longo, em que você precisa passar frio, molhada, chorando, emotiva, você pensa somente nisso. Agora, quando se é mais velha, você percebe que, enquanto você está lá, congelando e chorando, também há uma série de efeitos especiais acontecendo e diversas outras situações. Acaba tirando o foco de si mesma", acredita.