PUBLICIDADE
Topo

Cardi B fala de racismo com Mariah Carey e promete parceira: 'Adoraria'

Cardi B em WAP com a estampa de onça - Divulgação
Cardi B em WAP com a estampa de onça Imagem: Divulgação

De Splash, em São Paulo

23/02/2021 13h58Atualizada em 23/02/2021 14h01

Já pensou em Mariah Carey e Cardi B juntas? Pois aconteceu, mas era uma entrevista. As duas conversaram na revista norte-americana Interview, abordando desde sonhos na infância, racismo e uma possível música juntas.

A rapper lembrou que, na sua adolescência, via sua identidade ser julgada e receber ofensas pelo seu cabelo.

"Eu sou trini e sou dominicano [referindo aos países do Caribe Trindade e Tobago e República Dominicana] e há muitos dominicanos que têm uma certa aparência. Eles têm cabelos macios e cacheados. Enquanto crescia, os rapazes me faziam perguntas estranhas como: 'Se você é dominicano, por que seu cabelo é tão desse jeito**?' Eu costumava pintar meu cabelo, e as pessoas costumavam dizer : 'Oh, seu cabelo é tão crespo'. E isso me fazia sentir tão estranho", lembrou.

O termo original utilizado era "nappy", que traduzido ao pé da letra, significa "fralda". A expressão "cabelo de fralda" é usada de forma pejorativa para se referir aos cabelos com fios enrolados da população negra norte-americana, muito provavelmente com origem no regime de escravatura da colonização da América.

Mariah disse que entendia a situação e que sua mãe, que é branca, pouco lhe ajudava no cuidado específico ao cabelo.

Em outro momento da conversa, Cardi citou um preconceito que já viu na indústria da música.

Não sei se usaria a palavra 'racismo', porque tudo é muito técnico agora. Tenho sentido preconceito. Estive envolvido em negócios de patrocínio e depois descobri que certos brancos ganhavam mais dinheiro com seus negócios na mesma empresa. Eu faço minha pesquisa. Eu sei quanto dinheiro ganhei com aquela empresa. Meus fãs compram minhas m... Então é como, 'Quando você não está me pagando o que está pagando para essas outras pessoas, por que isso?'. É meio insultante. E então, quando se trata de moda, o hip-hop é uma grande influência

A rapper lembrou ainda dos momentos em que trabalhou como stripper até alçar o sucesso no mundo da música. Sobre suas letras, Cardi rebateu dizendo que não fala sobre amor de uma maneira romântica.

"Eu tenho uma música como 'Be Careful' [canção de Mariah Carey], mas acho que é mais pessoal. As pessoas diziam: 'Você precisa ser mais suave. Você precisa falar mais sobre você'. E eu estava dizendo a eles que é muito difícil para mim fazer discos de amor e me expressar assim, porque nunca faço isso. Eu não falo sobre amor e m...", contou.

Mariah Carey convidou Cardi B para lançarem uma música ou um disco futuramente. E sabe qual foi a reação dela?

"Eu adoraria. Eu adoraria fazer um disco que tocasse almas. Você me deixou com o coração partido quando eu tinha 11 anos e nem tinha namorado", disse.