PUBLICIDADE
Topo

TV australiana diz que Bob Dylan morreu, mas cantor está vivo

Cantor Bob Dylan realizou um leilão de pertences e TV afirmou que ele havia falecido - KI PRICE
Cantor Bob Dylan realizou um leilão de pertences e TV afirmou que ele havia falecido Imagem: KI PRICE

De Splash, em São Paulo

24/11/2020 08h50Atualizada em 24/11/2020 20h34

Não, ele não morreu. O cantor Bob Dylan, até o que se sabe, continua vivo aos seus 79 anos.

Mas o ícone do folk "morreu" na TV australiana MSNBC. O programa "Today" estava cobrindo um leilão de pertences do cantor e do amigo artista Tony Glover quando afirmou no GC — a legenda que aparece embaixo da tela — que Dylan estava morto.

Mas só Tony morreu, em maio de 2019.

"Documentos do falecido cantor são vendidos por US$ 495 mil [cerca de R$ 2,6 milhões]", afirmava a TV.

Um seguidor questionou e compartilhou nas redes sociais a gafe. "Vocês têm certeza que Dylan está morto? Ele pode contestar", escreveu.

Momentos depois, o âncora pediu desculpas e corrigiu o erro.

"Há cerca de meia hora em nosso bate-papo de entretenimento, exibimos incorretamente um GC sobre Bob Dylan na sua tela. Era falso e pedimos desculpas por qualquer confusão", esclareceu Joshua Johnson